Cláudio Braga: «A nossa resposta será o trabalho»

Técnico aniversariante está convicto que equipa do Marítimo vai dar a volta

Cláudio Braga completa esta sexta-feira 44 anos e, à hora da conferência de imprensa, já tinha recebido as prendas que pretendia. "Fui recebendo os parabéns das pessoas que mais gosto na minha vida, através de mensagens de família e amigos. E, em campo, tenho uma equipa que está unida e que me dá confiança de chegar domingo ao jogo com o Feirense e ter êxito", assinalou.

O técnico do Marítimo diz que "só se ultrapassam obstáculos falando e entendendo o porquê das coisas". E não tem dúvidas que vai dar a volta. "Temos a noção de não estar a atravessar um bom momento, mas queremos devolver a alegria a quem merece, que são os nossos adeptos. Depois de muitas reuniões com o grupo, chegámos à conclusão que só trabalhando muito e com qualidade sairemos desta fase. A nossa resposta será o trabalho", disse.

Braga até convive bem com a pressão. "Quando não há pressão, somos nós a colocá-la, traçando objetivos individuais e de grupo. Ela está connosco no dia a dia. Eu só peço para apoiarem a equipa e estarem sempre connosco", adiantou, garantindo ainda nunca ter sentido que os jogadores não estavam consigo. "Nunca! Tal como, em minha casa, nunca senti que as minhas filhas estavam contra mim. Há uma união muito forte", assegurou.

Por Gonçalo Vasconcelos
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Marítimo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.