Daniel Ramos quer equipa a jogar como fazia.. antes de defrontar o Benfica

Treinador anteviu jogo frente a um Chaves "motivado"

• Foto: Hélder Santos

O treinador do Marítimo Daniel Ramos anteviu esta quinta-feira o jogo frente o Desportivo de Chaves, para a 11.ª jornada da Liga NOS (sábado, 11H45), e aproveitou para falar acerca da suspensão de Dyego Sousa.

O técnico maritimísta disse que a ausência do jogador é "mais uma contrariedade" para a equipa, ainda para mais "a uma quarta-feira" em plena preparação para a próxima jornada do campeonato. O treinador relembrou ainda que já tinha acontecido uma situação semelhante no jogo com o Sp. Braga, em que a equipa ficou a saber "no dia antes" que não poderia contar com o avançado brasileiro.

Quanto a alternativas ao jogador, o timoneiro dos madeirenses diz que vai "utilizar quem está". Quanto a uma possível ida ao mercado em janeiro para colmatar a ausência do avançado, o técnico diz que vai "analisar a situação" e que na altura "logo se vê".

No entanto, as maiores preocupações para o treinador são na defesa, que conta com vários elementos lesionados. "Tem havido muitas lesões no setor defensivo, o que tem provocado alterações na defesa, o que não é positivo", disse.

Em relação ao adversário de sábado, Daniel Ramos espera um Desportivo de Chaves "motivado". "O Chaves é uma boa equipa, prevejo um jogo muito difícil, já que eles estão motivados com a vitória frente ao FC Porto", afirmou.

Já quanto à sua equipa, o treinador do Marítimo quer que os jogadores voltem às exibições que tiveram antes da derrota com o Benfica, para a Taça de Portugal. "Espero que os meus jogadores voltem a corresponder ao que fizeram até ao jogo contra o Benfica", concluiu.

Por João Manuel Fernandes
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Marítimo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0