Marítimo garante que "renuncia à faculdade de impugnar o campeonato"

Clube insular bloqueou hoje a introdução das cinco substituições

• Foto: Hélder Santos

O Marítimo garantiu que "renuncia à faculdade de impugnar o campeonato com base nas questões ligadas ao Plano de retoma", na sequência da sua decisão de bloquear a introdução das cinco substituições por jogo no reatamento da Liga NOS. Em comunicado, o clube insular diz que "é inequívocamente a favor da retoma da competição" mas que "discorda, como sempre disse coerentemente desde o início, com o procedimento adoptado."

Por outro lado, o Marítimo sublinha que "só não aceita ser coagido a assinar uma declaração ilegal", referindo-se à possibilidade de as administrações das sociedades desportivas assinarem uma declaração vinculativa, onde garantiriam que não iriam contestar ou procurar retirar vantagens jurídicas da questão das substituições.

Leia o comunicado na íntegra:

A VERDADE DA RETOMA

1. Retoma da competição: o Marítimo é inequívocamente a favor da retoma da competição; não restem nenhumas dúvidas sobre o tema;

2. Plano de retoma da competição: o Marítimo adere MATERIALMENTE, sem reservas, ao plano, ou seja, aceita todos os aspectos técnicos e demais definidos no plano, isso não está em questão;

3. O Marítimo discorda, como sempre disse coerentemente desde o início, com o procedimento adoptado: não é nem o orgão competente para o efeito, nem é o procedimento correcto, e viola as normas estatutárias e regulamentares em vigor; é um facto incontornável.

4. Por último, para que não haja qualquer dúvida, o Marítimo RENUNCIA à faculdade de impugnar o campeonato com base nas questões ligadas ao Plano de retoma; só não aceita ser coagido a assinar uma declaração ilegal.

2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Marítimo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0