Marítimo processa FC Porto em mais de 6 milhões de euros

SAD dos insulares interpôs ações no Juízo Central Cível do Funchal

A SAD do Marítimo interpôs na passada terça-feira, no Juízo Central Cível do Funchal, duas ações de valores muitos elevados contra a SAD do FC Porto. Em causa estão litígios relacionados com transferências de jogadores. Num dos processos são reclamados 5 milhões de euros e no outro cerca de 1,3 milhões de euros.

Apesar de ainda não terem sido revelados os jogadores em causa, há duas transferências do Marítimo para o FC Porto que criaram divergências, cujos valores são próximos, ou mesmo idênticos àqueles que estão em causa nestes dois processos. Cinco milhões de euros foi precisamente o montante da indemnização que o clube madeirense reclamou pela transferência do avançado brasileiro Kléber para o FC Porto, em 2011. Em Fevereiro de 2013 a Comissão Arbitral da Liga Portuguesa de Futebol Profissional decidiu que o emblema portista não tinha de pagar qualquer indemnização ao Marítimo. No entanto, nove meses depois, o tribunal cível do Porto anulou essa decisão, e o Marítimo ficou com nova possibilidade para voltar a exigir uma compensação financeira.

O outro litígio entre Marítimo e FC Porto estará relacionado com a transferência de Pepe para o FC Porto e depois para o Real Madrid. Os madeirenses chegaram a reclamar de uma prestação que estaria em atraso.

Por Miguel Custódio
90
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Marítimo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0