Marítimo responde a Rui Alves: «Alguém perdeu milhões de neurónios e não os recuperou»

Clube liderado por Carlos Pereira emite comunicado

O Marítimo já respondeu a Rui Alves, num comunicado publicado no seu site, onde recorda várias declarações do presidente do Nacional ao longo dos anos. O clube liderado por Carlos Pereira considera que "quem nunca esteve bem, dificilmente ficará bem" e realça: "Andávamos todos desatentos, incluíndo a Direção Geral de Saúde, e o Coronavírus já andava pela Madeira, pelo menos, desde 2016. Um dos infetados, que não apresentou problemas nos pulmões, gritou aos sete ventos a perda de milhões de neurónios e ninguém fez caso. Depois das declarações desta quinta-feira, percebe-se que a imunidade não é um processo fácil de conquistar e que a regeneração tarde em chegar", acrescenta a missiva.

Mais à frente, destaca o comunicado que "pela nossa cultura, os acontecimentos negativos servem para fazer as pazes e reatar amizades que, noutros tempos, estiveram sob ameaça de bomba", realçando que "hoje, com o serviço da subida administrativa que lhe prestaram, tudo caiu no esquecimento".

Segundo a nota do site do Marítimo, "há coisas que nunca mudam, apesar pele de cordeiro vestida recentemente: o ódio ao Marítimo e a forma pouco civilizada como se procura resolver divergências de opinião".

A concluir, ficou esta observação: "Resta, em suma, responsabilizar as autoridades sanitárias por não terem agido perante o alerta de sintomas prematuros. Agora temos todos que assistir a devaneios e ações pouco articuladas de alguém que perdeu milhões de neurónios e não os recuperou".

Rui Alves arrasador: fala em "madeirenses envergonhados" e atira-se à "personagem" Carlos Pereira

Por Gonçalo Vasconcelos
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Marítimo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0