Petit não tem dúvidas: «É um golo limpo»

Treinador do Moreirense visa atuação da equipa de arbitragem

• Foto: Move Notícias

O Moreirense somou mais 1 ponto na luta pela permanência, ao empatar a zero diante do Chaves, mas para Petit fez o suficiente para somar o triunfo. O técnico dos cónegos enaltece a "entrega e vontade" dos seus pupilos e aproveita para deixar críticas à atuação da equipa de arbitragem comandada por Hugo Miguel.

"Penso que sim [fizemos o suficiente para ganhar]. Tentámos com muita entrega, muita vontade, ganhar os três pontos. Tivemos três, quatro, cinco situações para concretizar e não conseguimos. O Chaves está mais tranquilo na tabela e fez o seu jogo, mas merecíamos ganhar. Há que levantar a cabeça, dependemos de nós. Vai ser difícil, mas temos de lutar. Acredito que, com esta ambição, a equipa vai ficar na Liga NOS", começou por garantir.

Assim foi o golo anulado ao Moreirense
Relativamente ao golo anulado a Diego Ivo, Petit não tem dúvidas. "Já vi as imagens: é um golo limpo. O árbitro não assinala nada. O fical de linha também não. É o quarto árbitro que dá a indicação. O [Diego] Galo não toca na bola, o [Diego] Ivo está em linha. O árbitro não entendeu assim. Contávamos com outro desfecho para este jogo. É o quarto árbitro que anula o golo. Está longe. Está lá o fiscal de linha e não marca. Às vezes estas decisões decidem partidas e neste caso a permanência está em causa. Tem de haver mais respeito. A instituição Moreirense merece".

A finalizar, 'esquecendo' a polémica da arbitragem, o técnico enaltece a crença dos seus pupilos e aponta já para o duelo de domingo, diante do Feirense. "Tenho de dar os parabéns pela atitude dos jogadores dentro de campo. Tenho de lhes dar os parabéns e lembrar que no domingo já temos mais um jogo e que temos de ganhar."

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Moreirense

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0