Steven Vitória e os apoios do clube: «Apareceram aqui de camião...»

Central conta como é o seu dia-a-dia durante a quarentena

• Foto: José Gageiro / Movephoto

Steven Vitória revelou que o trabalho em casa dos jogadores do Moreirense está "a correr bem", num processo em que todos se estão a adptar a "uma nova realidade, a novos hábitos." Numa entrevista ao canal 11, o central elogiou as ajudas prestadas pelo clube que, confessou, até o surpreenderam no início.

"Dentro do possível está a correr bem, o clube está a ter o cuidado de estar muito próximo dos jogadores. Logo no dia a seguir a ser decretada a quarentena, o clube disponibilizou material na casa dos jogadores, o que facilita o trabalho", contou, prosseguindo: "Quando o clube nos avisou que iria deixar o material nas casas, pensava que seria o material mínimo, mas deparei-me com um camião que parecia que estava a fazer mudanças de uma casa. Foram-nos dadas bicicletas, muito tipo de material, para realmente não faltar nada. Temos todas as condições, não há desculpas. Estamos em contacto para podermos fazer os nossos treinos, sem nos faltar nada."

Retidos nas suas habitações, os jogadores têm procurado cumprir as regras definidas pela equipa técnica. "Quando acordamos temos de responder a um questionário, apresentar o nosso peso. Depois, recebermos o plano de treinos no grupo com os treinadores. Depois do almoço segue-se o mesmo o plano, sempre com contactos vários ao longo dia com os responsáveis do clube, que têm trabalhado muito bem para que nada nos falte. Têm facilitado muito o nosso papel. Estamos em casa, mas não de férias. Vamos tentar estar bem fisicamente para o que aí vem", explicou Steven Vitória. 

O defesa-central elogiou ainda o presidente do Moreirense, Vítor Magalhães, que tem oferecido material de saúde a diversas instituições, com destaque para os 10 ventiladores que entregou ao Hospital Senhora da Oliveira, em Guimarães. "Foi uma atitude de uma grande pessoa. Não me surpreendeu nada, porque é uma pessoa que está constantemente preocupada com o bem estar dos outros, das suas famílias, nunca quer que lhes falte nada e faz por isso. Vê-lo fazer isso foi realmente fantástico, porque estamos a falar de salvar vidas", referiu o internacional pelo Canadá.

Por Bruno Freitas
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Moreirense

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.