Vasco Seabra: «Fomos traídos pela nossa vontade de ganhar»

Treinador do Moreirense desiludido com empate cedido na receção ao Nacional

• Foto: Luís Vieira / Movephoto

O Moreirense empatou (2-2) esta quinta-feira na receção ao Nacional, em jogo da 31.ª jornada da Liga NOS.

No final da partida, Vasco Seabra lamentou o elevado índice de ansiedade que os seus jogadores acabaram por ter durante o desenrolar do jogo, assumindo que a sua equipa acabou por ser traída pela "vontade de ganhar".

"Entrámos bem e estivemos estáveis nos primeiros 15/20 minutos. Conseguimos aproveitar o facto de a linha do Nacional estar alta para atacar a profundidade, mas definimos mal nesse último momento. Tivemos a bola na trave, que, se entra, nos levaria a estar de forma diferente no jogo. Depois, fomos ficando muito ansiosos e nervosos, com pouco critério na bola, perdas que nos remetiam mais para as transições e algumas bolas paradas que nos dificultavam", começou por dizer o técnico dos cónegos.

"Sofremos o golo e acabámos a primeira parte com muita ansiedade acumulada, mas, na segunda, o jogo foi quase de sentido único, tirando algumas transições perigosas do Nacional. Empatámos e nada fazia prever que eles voltassem para a frente", continuou.

Reação da equipa aos golos sofridos

"A equipa teve sempre uma reação muito grande, com atitude, vontade e entrega ao jogo. Penso que essa ansiedade não faz sentido, porque temos condições para lutar por coisas boas. Esta vontade de ganhar não nos pode tirar discernimento na decisão."

"Jogadores merecem ser valorizados"

"Fica um amargo pelo facto de a nossa equipa ter qualidade para assumir o jogo. Estes jogadores merecem ser valorizados por aquilo que têm conquistado, mas fomos traídos pela nossa vontade de ganhar. Fizemos mais um ponto, temos três jogos, e queremos ultrapassar a marca dos 40. Esse é nosso desafio, sempre com qualidade de jogo."

Ambição para as últimas três jornadas

"Quero acreditar que vamos terminar com três vitórias. Isso equivalerá a que na última jornada consigamos vencer em casa. Desde que chegamos, temos feito pontos e a equipa tem crescido. Mais do que as vitórias que não temos conseguido em casa, temos conseguido muitas vitórias fora, que era algo que a equipa não conseguia. Temos de valorizar a importância que demos ao jogo pelo querer ganhar. Agora, vamos ter uma viagem a Portimão, outro jogo em Braga e queremos terminar da melhor forma com o Famalicão, na tentativa de valorizar aquilo que estamos a construir", finalizou.

Por Record com Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Moreirense

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.