Róchez e a eliminação do Nacional da Taça de Portugal: «Foi uma derrota dolorosa»

Insulares estiveram a vencer por 2-1, mas acabaram por perder (2-4) diante do FC Porto

• Foto: LUSA

O avançado Róchez revelou que a eliminação da Taça de Portugal às mãos do FC Porto, depois de o Nacional ter estado em vantagem no marcador, foi um resultado difícil de digerir. "Foi uma derrota dolorosa. O FC Porto fez um jogo muito bom e conseguiu a vitória", disse.

Já sobre os casos de arbitragem, lembrou, inicialmente, que os árbitros "tentam fazer sempre o seu trabalho da melhor forma", mas não concordou com a expulsão do defesa Rui Correia. "Acho que não houve falta, mas é um lance que ficou ao critério do árbitro. A equipa desconcentrou-se por momentos devido a essa situação, mas reagimos bem. Infelizmente, não fomos capazes de controlar os últimos minutos, onde pagámos a fatura de ter um jogador a menos", apontou.

Róchez marcou o primeiro golo do Nacional num lance em que levou a melhor sobre Pepe e desferiu um remate vitorioso. "Nesse momento não estava a pensar em quem é que me estava a marcar. Um avançado tem de olhar sempre para a baliza e foi o que eu fiz", recordou e explicou: "Eu e o Riascos já nos conhecemos bem e já sabia onde a bola ia aparecer. Estava perto da baliza e só pensei em rodar e chutar. Foi um golo bonito", observou.

O Nacional perdeu os jogos que disputou com leões e dragões, mas o internacional hondurenho considerou que há que tirar "coisas positivas" e prometeu uma reação. "Fizemos dois bons jogos com o Sporting e o FC Porto e não ganhámos, Agora, vamos procurar concretizar essa vitória frente ao Moreirense", o próximo adversário dos madeirenses no campeonato.

Por Emanuel Pestana
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.