Rui Alves admite despedimento

Insulares vão baixar o seu orçamento

• Foto: Ricardo Jr

Rui Alves confirma que o Nacional está na disposição de avançar com um despedimento coletivo, caso o plantel não aceite uma redução salarial, decorrente da descida à 2ª Liga, que retira cerca de 4,5 milhões de euros ao clube. "Não há outra solução a não ser baixar salários. Há muitos jogadores com contrato que têm de decidir essa questão. Estamos a lutar pela sobrevivência e pela sustentabilidade da instituição e o despedimento coletivo está em cima da mesa", explicou o dirigente, em entrevista à RTP Madeira.

Com a equipa de regresso ao segundo escalão, o presidente do Nacional atribuiu à "falta de qualidade do grupo de trabalho, sobrevalorização de alguns jogadores e uma onda de lesões" as razões para o insucesso. Recusa, no entanto, a procura de "bodes expiatórios", e assume: "O principal responsável sou eu."

Esta tarde, os sócios reúnem-se em assembleia geral na Choupana, para aprovação de contas e para discutir as perspetivas de futuro. Rui Alves ataca os críticos que colocam em causa a honorabilidade da SAD e desafia. "Há pessoas muito fortes nas redes sociais, mas depois são uns ‘franguinhos’ nos locais próprios. É o que espero", afirmou, admitindo ponderar a demissão se houver um movimento de sócios nesse sentido.

Rui Mâncio na formação

Na preparação da próxima época, Rui Alves anunciou ainda que o novo treinador poderá ser conhecido nas próximas horas. Já a equipa deverá ser reforçada com seis jogadores. Quem já está assegurado é Rui Mâncio, antigo treinador do clube entre 1994 e 1996 que vai coordenar o futebol de formação do Nacional.

Por Emanuel Pestana
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.