Rui Alves elogia Manuel Machado: «Se tivesse feito a alteração em janeiro...»

Presidente admite que tudo poderia ter sido diferente

• Foto: Nuno Gomes

O presidente do Nacional, Rui Alves, acredita que é possível vencer amanhã o Benfica, ainda tem fé na permanência e admite que, se tivesse apostado mais cedo em Manuel Machado, a situação da equipa podia ser hoje diferente.

“Se tivesse feito a alteração em janeiro, o Nacional estaria hoje noutro patamar classificativo. Até estive para a fazer muito antes. Só que, de repente – e depois de um período muito mau – o Nacional teve quatro jogos sem perder e isso levou-nos a pensar que íamos entrar noutro ciclo”, recordou o dirigente em entrevista à TSF/Madeira, onde considerou que tem plantel para ficar na Liga NOS. “Continuo a pensar que se não tivesse acontecido o que aconteceu ao nosso guarda-redes (Daniel Guimarães) – que foi um autêntico murro no estômago – mesmo com o Luís Freire teríamos hoje mais pontos”, lamentou o dirigente.

Seja como for, com Manuel Machado ao leme, Rui Alves nota evidentes progressos. “Tirando os dois primeiros jogos, a equipa começou a ter uma identidade e um desenho tático mais adequado aos seus elementos”, observou.

Por Record
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Nacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.