Defesa de betão espreita a história

Castores levam 9 golos sofridos e perseguem registo do Tirsense, que, em 1991/92, encaixou 14

• Foto: Simão Filho

A velha máxima de que "ataques ganham jogos e defesas ganham campeonatos" assenta que nem uma luva ao P. Ferreira.

Os castores lideram a 2ª Liga, com 49 pontos - mais oito do que o Famalicão e 13 do que o Estoril -e, embora não tenham ainda conquistado nada em termos objetivos, encaminham-se a passos largos para a subida ao principal escalão, à boleia de um muro defensivo digno de registo.

Com apenas nove golos sofridos em 21 encontros realizados na 2ª Liga, os pacenses levam uma impressionante média de 0,42 tentos encaixados por jogo e detêm a melhor marca dos campeonatos profissionais a nível nacional, sendo apenas seguidos pelo FC Porto, que leva 12, e pelo concorrente direto Famalicão, que soma 16.

Um marco assinalável e que coloca também o P. Ferreira na perseguição à meta histórica do Tirsense, que, em 1991/92, alcançou o melhor registo da competição desde que esta passou a ser disputada em formato de série única, permitindo um total de 14 golos em 34 partidas realizadas, numa média total de 0,41 tentos por jogo.

Não sendo ainda percetível se a turma de Vítor Oliveira quebrará ou não esse feito, certo é que a semelhança dos números e das circunstâncias dão o mote para a conquista da história.

Por Pedro Morais
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de P. Ferreira

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.