Estratégia asiática em curso

Garantia de investimento

A SDUQ pretende colocar em prática uma estratégia no sentido de garantir investimentos asiáticos. Estão a ser mantidos contactos com um fundo chinês, já com ligações a clubes portugueses, mas nesta fase o envolvimento de jogadores não é o foco prioritário.

O P. Ferreira pretende, acima de tudo, suscitar interesse económico em empresas orientais, podendo a partir daí ser estabelecidas parcerias comerciais. De qualquer forma, não está excluída a possibilidade de integração no plantel do guarda-redes Yeer zati Yeerjieti, internacional sub-23 pela China, e do extremo Tang Shi, de 20 anos, que marcou 12 golos na época passada, ambos tendo representado o Gondomar no Campeonato de Portugal.

"Esta é uma hipótese que estamos a ponderar. É possível a chegada destes jogadores, mas ainda não formalizámos as propostas", referiu o líder da SDUQ dos castores, Rui Seabra. De qualquer forma, a entrada dos jogadores chineses no plantel terá de ser viabilizada pelo técnico Carlos Pinto, que ainda só recebeu dois reforços.

Por José Santos
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de P. Ferreira

Matchói fica na Mata Real

Avançado de 16 anos foi utilizado nas primeiras duas jornadas do campeonato e estava a ser cobiçado por outros emblemas

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.