João Henriques: «É inacreditável que na era do VAR não se utilize... o VAR»

Técnico pedia intervenção em lance nos minutos finais

• Foto: Lusa

João Henriques, treinador do P. Ferreira, queixou-se da arbitragem no empate deste sábado diante do Belenenses, dizendo que o sistema de vídeo-árbitro deveria ter sido utilizado.

"Pedimos ao árbitro para que consultasse o videoárbitro [no lance nos instantes finais], pois a bola andou a bater em várias mãos e tem de se tirar as dúvidas. Na sequência, um jogador meu foi expulso porque pediu ao árbitro para ver as imagens. Um diretor foi expulso também pelo mesmo motivo e o Pedrinho viu um amarelo que o impede de jogar no próximo jogo. É inacreditável que na era do vídeo-árbitro não se utilize o vídeo-árbitro. São utilizados para uma coisa e para outra não. É errado pelo menos não ir tirar a dúvida. Que tirem as dúvidas. Qual é o critério? Há uma série de jogadores na área. Além disso, há uma falta sobre o Pedrinho no lance que dá o golo do Belenenses", referiu o técnico.

"Sobre o jogo, foram 15 minutos bons da nossa parte, tivemos duas ou três situações e concretizámos uma, e antes ainda colocámos a bola na barra. Depois, a ansiedade apoderou-se dos jogadores em vantagem. Não gerimos, perdemos o controlo do jogo e o Belenenses conseguiu aproximar-se da nossa baliza, mas sem criar oportunidades até ao intervalo. Na segunda parte, o Belenenses tem um minuto em que chega à nossa área com perigo e faz o golo. Depois, o Paços cresceu à procura do golo. Não foi feliz e não conseguiu a vantagem. O que interessa é que temos mais um ponto e continuamos a depender apenas de nós", concluiu.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de P. Ferreira

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.