Jorge Simão: «Nunca assumimos o objetivo Europa»

Sublinha que a meta era a manutenção

• Foto: Hélder Santos

Jorge Simão gostou apenas de parte da exibição da equipa frente ao Estoril, num jogo que terminou com a derrota pacense por 1-0.

"Apesar de tantas condicionantes [lesões e castigos], fico orgulhoso com a segunda parte que fizemos, mas não com a primeira. Na primeira parte tivemos muitas dificuldades na saída de bola e na construção do ataque. O Estoril acabou por justificar a vantagem. Na segunda parte demos uma boa réplica e fiquei satisfeito com a resposta dada. Gostava de destacar as estreias de mais dois jogadores, o Paulo Henrique, com 19 anos, e o Edu Pinheiro, com 18. São os aspetos positivos do jogo. Na segunda parte, os jogadores soltaram-se, o jogo fluiu e os jogadores mostraram a qualidade que têm", referiu o treinador.

Questionado sobre o eventual impacto desta derrota nas ambições europeias, Jorge Simão deixou claro que a meta do clube já foi atingida: "Europa? Nunca ninguém do Paços assumiu esse objetivo. O objetivo do Paços era a manutenção e já foi conseguido. O objetivo dos 48 pontos mantém-se intacto e vamos lutar por isso".

Por Luís Miroto Simões e Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de P. Ferreira

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0