Mário Felgueiras seduzido pela luta europeia

Reforço para a baliza que sucedeu a Marafona

O Paços de Ferreira não perdeu tempo e recorreu ao mercado externo para suprimir a baixa na baliza provocada pela saída de Marafona para o Sp. Braga. A escolha recaiu em Mário Felgueiras, experiente guarda-redes que passou os últimos cinco anos na zona leste da Europa, trazendo na bagagem uma forte experiência internacional pelas constantes presenças na Liga Europa e Liga dos Campeões, na altura em que representou o Cluj da Roménia. Agora de regresso a Portugal, Mário Felgueiras vai abdicar de lutar por títulos e centrar-se em objetivos mais modestos, como são os que vai encontrar em Paços de Ferreira.

"Não considero ter dado um passo atrás na carreira, mas há um novo ciclo que se abriu e, além disso, estou num clube com ambições de acabar a época em lugares de acesso às competições europeias e espero poder ajudar a alcançar esses objetivos com a minha experiência", referiu o jogador, de 29 anos, antes de elogiar a estrutura pacense.

"Estamos a falar de um clube humilde que cumpre com as suas obrigações e até já é conhecido na Turquia pelo bom futebol que pratica, porque quando transmiti aos responsáveis do clube turco que viria para o Paços, responderam-me que conheciam bem o futebol pacense porque já observaram alguns jogadores".

Sobre a experiência turca que durou apenas cinco meses, Mário Felgueiras torce o nariz. "Passei os meus piores momentos da carreira. A cultura na Turquia é completamente diferente do que estava habituado e perceber a língua turca foi um problema acrescido. Para além disso tive uma lesão grave e não joguei o que queria", concluiu. 

Por José Santos
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de P. Ferreira

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.