Pepa: «Precisávamos de mais alma e de mais coração»

Treinador do Paços de Ferreira lamentou entrada dos castores diante do Moreirense

O Paços de Ferreira empatou (1-1) na visita ao reduto do Moreirense, em jogo a contar para a 32.ª jornada da Liga NOS, um resultado que deixa os castores muito perto de assegurar a permanência no principal escalão português de futebol na próxima temporada.

No final do encontro, Pepa lamentou a entrada da equipa na partida, afirmando que a falha de eficácia nos momentos de decisão acabou por ser fundamental para o desfecho do marcador, que terminou com uma divisão de pontos.

"Queríamos resolver a questão dentro de campo. Sabíamos que a vitória nos dava a manutenção, depois de uma época muito longa, com muita dificuldade desde o início. Acima de tudo, queríamos [ganhar] o jogo de hoje. Não demos 45 minutos de avanço, porque há muito mérito do Moreirense: são um bom grupo, com bons jogadores. Falhámos muito na decisão e, nos duelos individuais, estávamos a ser mais reativos do que proativos. Queria ainda dar os parabéns às três equipas, pela intensidade que o jogo teve, com este calor", começou por dizer o técnico pacense.

Entrada da equipa na partida

"Faltou-nos [sentido de urgência no início do jogo]. Infelizmente, temos tido entradas não muito positivas. Hoje, mais uma vez, independentemente do golo [do Moreirense] e de ser ou não penálti, não merecíamos nada ao intervalo. Precisávamos de mais alma e de mais coração. Quando isso falta, faz com que o Moreirense fique muito mais tempo no meio-campo. Na segunda parte, sem sermos deslumbrantes, tivemos muito mais bola e estivemos muito mais tempo no meio-campo do Moreirense. Queremos descansar bem e fechar, em casa, as contas da manutenção [no duelo com o Portimonense, na segunda-feira]."

Arbitragem

"Se me vou queixar de penáltis, o que é que posso dizer? Já no outro jogo [contra o Sporting de Braga], tivemos dois penáltis contra nós. Os árbitros estão lá para ajuizar e nós para jogar. Devíamos ter feito mais na primeira parte e não fizemos. Devíamos ter sido mais prudentes nesse lance", concluiu.

Por Record com Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de P. Ferreira

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.