Pepa respeita decisões da tutela mas defende suspensão dos campeonatos

Treinador do P. Ferreira fez esta questão de passar uma mensagem de tranquilidade face à pandemia

O treinador do Paços de Ferreira, Pepa, fez esta questão de passar uma mensagem de tranquilidade face à pandemia de Covid-19 e disse ser favorável à suspensão dos campeonatos, defendendo que "futebol é paixão, festa e adeptos".

Pepa explicou a realização da habitual conferência de antevisão, no caso ao jogo de abertura da 25.ª jornada da Liga NOS de futebol, diante do Rio Ave, na sexta-feira, como "um ato de normalidade", considerando ser necessário "levar as coisas muito a sério" face à pandemia de Covid-19.

"Como cidadão, é confiar no organismo que tutela e nas entidades competentes, sem grande alarmismo, mas percebendo que estamos numa situação que nos tem que obrigar a pensar, a respeitar e a seguir os protocolos e as normas. O futebol é paixão, festa, emoção e adeptos, e é uma tristeza [haver jogos à porta fechada]", disse Pepa.

O treinador pacense assumiu ser "a favor da suspensão dos campeonatos", entretanto em equação, interrogando-se mesmo sobre a validade do ato simples de passar a cumprimentar com o cotovelo, "quando, depois, os próprios jogadores, com o suor, embrulham-se e agarram-se numa falta".

"Temos que pensar todos muito bem sobre isto e levar as coisas muito a sério. Devemos respeitar e confiar em quem organiza e é competente na sua área, porque isto [pandemia] está aqui ao lado", sublinhou, sem deixar de reafirmar a ideia de que "o futebol é festa, adeptos e emoção" e que "o futebol é que perde" com jogos à porta fechada.

Sobre o Rio Ave, Pepa considerou ser "neste momento, talvez a par do Braga, das equipas mais confortáveis com bola", considerando que "cresceu muito em termos de pontos, exibição e em conforto em campo, tanto fora como em casa".

"[O Rio Ave] É uma equipa com muitas oportunidades de golo e as que cria com bola são diferenciadas. Cabe-nos levar este plano de jogo para dentro de campo e desfrutar do jogo, acreditando que vai ser muito interessante", afirmou.

Pepa desvalorizou, por outro lado, as ausências confirmadas de Marcelo, Adriano Castanheira, Bruno Santos, Welthon, Oleg e Murilo, reiterando "confiança total" no plantel para um "jogo que vai exigir do Paços muita inteligência", destacando a importância de a equipa saber "onde, quando e como pressionar" o Rio Ave.

O Paços de Ferreira, no 16.º lugar, com 22 pontos, defronta o Rio Ave, quinto, com 38, em Vila do Conde, na sexta-feira, às 20H30, no jogo de abertura da 25.ª jornada da Liga.

Por Lusa
  • Rio Ave
    -
    Paços de Ferreira
  • (1)
    (X)
    (2)
  • 1.54
    3.6
    6.05
  • *Odds sujeitas a variação. Consulte o valor actual desta odd em www.nossaaposta.pt

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de P. Ferreira

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.