Pepa: «Se fosse no Football Manager não tirava ninguém»

Técnico do P. Ferreira assume que sai de Braga com amargo de boca

• Foto: LUSA

Pepa evidenciou o "orgulho pela exibição da equipa", mas também não deixou escapar um esgar de desalento pelas circunstâncias que resultaram no empate final a um golo diante do Sp. Braga.

"Empate evitável? Sem dúvida, fizemos um jogo fantástico, não existe a perfeição, mas procurámo-la, estivemos confortáveis o jogo todo, as melhores oportunidades foram nossas, fizemos um jogo tremendo, fica o amargo de boca na forma como sofremos o golo, mas quando erra um, erramos todos. Fiquei preocupado com a possibilidade de nos irmos abaixo depois de 80 minutos tremendos, mas, depois disso, a equipa soube reagir. Hoje, demos muito ao jogo para colher só um ponto, mas o futebol é golos e resultado, mas em termos de exibição, foi uma das melhores da época, referiu o técnico pacense, satisfeito com a reação depois do "soco tremendo": "Demos muito e a igualdade é um amargo de boca, mas não fomos abaixo e, apesar de só colhermos um ponto, foi uma das melhores exibições."

"O João Amaral estava muito desgastado, se isto fosse o Football Manager não tirava ninguém, mas, depois, tivemos que refrescar e bem. Quem entrou, não entrou mal, mas coincidiu com o golo [sofrido]. A equipa teve a capacidade de reagir, reagimos todos juntos e ainda tivemos oportunidades para fazer o 2-1."

Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de P. Ferreira

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.