Pepa: «Temos de estar ao nosso melhor nível pela qualidade do adversário e do treinador»

Treinador do P. Ferreira elogia o Moreirense e antevê dificuldades

• Foto: Eduardo Costa

O P. Ferreira regressa amanhã à competição para receber o Moreirense, depois da derrota sofrida há quase uma semana, no Estádio do Dragão. Pepa sabe das dificuldades que vai encontrar pela frente e lembra o percurso do adversário nos jogos na condição de visitante.

"O Moreirense tem quatro vitórias nos últimos cinco jogos fora, sinónimo da capacidade e organização da equipa. Tem boas individualidades e transporta essa qualidade individual para o coletivo. Percebe bem os momentos do jogo, pressiona mais alto quando tem de o fazer, ou joga com o bloco mais baixo para pressionar as costas do adversário", referiu o técnico, demonstrando estar identificado com a forma de jogar dos Cónegos.

O trabalho desenvolvido por Vasco Seabra também foi elogiado. "Temos de estar ao nosso melhor nível, pela qualidade do adversário e pelo treinador que dispensa apresentações. Vive aqui na cidade e é um exemplo para muita gente. Depois de passar pela 1.ª Liga não teve problemas de dar dois ou três passos atrás para dar continuidade ao seu processo de aprendizagem. Fico feliz pelo Vasco [Seabra], mas aqui não há Vasco, não há Moreirense, há sim um jogo muito importante par nós, contra uma equipa que está a subir e vai exigir o melhor de nós", sustentou.

Pepa deixou ainda alguns reparos à qualidade de alguns dos jogadores adversários. "É muito forte nas transições, tem um ponta-de-lança muito experiente, sabe posicionar-se bem. Tem dois laterais com muita saúde nas pernas e decidem bem… sabemos o que vamos encontrar. Tem um jogador no meio campo que é muito querido em Paços, o Fábio Pacheco, é jogador extraordinário. Será uma equipa ao nível do que temos na 1.ª Liga, com boas individualidades e um bom coletivo. Amanhã terá de ser o melhor Paços".

Sobre a derrota no Dragão, Pepa admitiu ter sentido dificuldades para suster a pressão do adversário. "O jogo com o FC Porto ficou para trás e já foi bem explicado. Sentimos a parte do desgaste emocional por não conseguir sair do nosso meio campo defensivo. Em termos físicos, a nossa equipa respira saúde há muito tempo. Jogámos muito tempo atrás da bola na segunda parte e não conseguimos sair", concluiu.

Diaby e Marco Baixinho estão lesionados e vão falhar o jogo de amanhã com o Moreirense, agendado para as 15H30 horas.

Por José Santos
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de P. Ferreira

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.