Ricardo Valente alivia castores

Dianteiro chega do Berço e resolve crise no sector ofensivo

• Foto: Simão Freitas

Chegou de Guimarães a solução para os problemas que a lesão de Rabiola deixou na frente de ataque do P. Ferreira. Ricardo Valente é reforço para Carlos Pinto, ele que chega aos castores cedido pelo Vitória até ao final da época.

Apesar de ter iniciado a época como titular nos minhotos, o avançado perdeu espaço nas opções de Pedro Martins e nem sequer foi convocado para os últimos dois jogos. Uma pista do que se viria a confirmar ontem, com o empréstimo aos castores a ser a solução escolhida pela SAD.

Contratado ao Leixões em janeiro de 2014, Ricardo Valente deu nas vistas mal aterrou no Berço. Sob as ordens de Rui Vitória, foi utilizado em 17 jogos nessa época e apontou 8 golos. Números de grande nível, sobretudo para alguém que se estava a estrear na 1ª Liga. Em 2015/16, numa época aquém de toda a equipa do Vitória, os números do avançado caíram, tendo apontado apenas seis golos em 34 partidas.

O P. Ferreira é o destino que se segue na carreira de Valente e chega à capital do móvel para resolver um problema bicudo. Com a lesão de Rabiola, que vai parar durante seis meses, Carlos Pinto contava apenas com Cícero, Welthon e Gleison para as duas posições mais adiantadas do seu 4x4x2 predileto. Com o ex-Vitória, as opções aumentam, até porque Valente dá garantias no eixo ofensivo mas também a partir das alas. Um ‘dois em um’, que se vinculou até ao final de 2016/17.

Por José Miguel Machado e José Santos
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de P. Ferreira

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.