Vasco Seabra: «Foi um jogo ingrato»

Salienta eficácia do Sp. Braga

• Foto: MoveNoticias

Vasco Seabra classificou a derrota em Braga como sendo "um jogo ingrato". O técnico pacense salientou a eficácia dos bracarenses.

"Foi um jogo ingrato, nós acabámos por ter o controlo do jogo em termos de posse, mas faltou um nada de objetividade no último terço. Começámos bem a partida, com vontade de jogar para ganhar, mas sofremos o primeiro golo. Reagimos, tivemos oportunidades para empatar, mas o guarda-redes adversário também tem mérito. Na segunda parte, o Paços de Ferreira voltou a tentar reagir, mas faltou um pouco de objetividade e acabámos por sofrer o terceiro golo em transição. Em quatro oportunidades, o Braga fez três golos e nós, em quatro, não fizemos nenhum, parabéns ao Braga", referiu.

"Resultado enganador? Não diria isso, a haver um vencedor seria o Braga, mas por outros números, talvez pela margem mínima. O meu futuro? Isso é uma decisão que tem a ver com a direção, não connosco. Tentamos dar o melhor de nós para fazer o melhor possível e para que os jogadores se sintam confortáveis. Têm sido profissionais e exemplares", acrescentou o treinador dos castores.

Por último, o técnico debruçou-se sobre a arbitragem e falou de uma grande penalidade não assinalada a favor da sua equipa: "Ainda não vi imagens na televisão, mas de onde estou parece-me claramente penálti, mas não quero falar em arbitragens, porque erros todos cometem. Não é uma situação em que nos queiramos refugiar ou desculpar".

Por Lusa e Luís Miroto Simões
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de P. Ferreira

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.