Algarvios vão pagar 20 mil euros mensais a promessa do At. Mineiro

Bruno Tabata vai reforçar a formação de Portimão

O médio Bruno Tabata, de 19 anos, vai deixar o Atlético Mineiro para assinar com o Portimonense por um salário mensal de 20 mil euros.

O jogador ganhou, esta sexta-feira, uma ação na Justiça brasileira para rescindir o seu contrato com o emblema de Belo Horizonte e se juntar à equipa do Algarve.

Por ser o clube formador de Tabata, o At. Mineiro teria, segundo a lei brasileira, a preferência por igualar as ofertas que o atleta recebesse de outras equipas. No entanto, considerou que o salário oferecido pelo Portimonense é acima do que o atleta vale.

"O Atlético Mineiro optou por não igualar a proposta, por entender que o jogador não vale o quanto lhe foi proposto. Mas como esta decisão judicial fere a lei, esperamos que seja anulada", afirmou o diretor jurídico do clube brasileiro, Lásaro Cunha.

O emblema mineiro afirma ainda que o Portimonense aliciou Tabata, tratado como uma das grandes promessas do clube nos últimos anos, e acusa os alvinegros de sonegação e lavagem de dinheiro. "Este é um caso que está longe de ter uma decisão final", garantiu o representante legal do Atlético Mineiro, que também ameaça ir à FIFA.

Por Mamede Filho
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Portimonense

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.