António Folha vai sentar-se no banco

Ex-treinador do FC Porto B viverá a primeira experiência à frente de uma equipa da Liga NOS

• Foto: Luís Manuel Neves

Confirmada a saída de Vítor Oliveira, António Folha irá suceder-lhe, pois lidera há muito as preferências da SAD do Portimonense, que deverá fechar o dossiê na próxima semana. Os alvinegros ainda alimentavam, até ontem, a esperança de manterem ao seu serviço o homem que comandou a equipa nas duas últimas épocas e, por isso, tinham decorrido apenas contactos exploratórios com António Folha, o qual manifestou interesse em abraçar o projeto.

Depois de 12 anos de ligação aos quadros técnicos do FC Porto – no futebol juvenil, na equipa B, e, por curto espaço de tempo, como adjunto da formação principal –, Folha prepara-se para viver a primeira experiência como treinador na Liga NOS, concretizando um desejo que já alimentava há algum tempo na sequência do seu crescimento profissional, com vários sucessos alcançados, o último dos quais a conquista (pelo segundo ano consecutivo) da Premier League International.

Portimonense e FC Porto mantêm estreitas relações, como o comprova o significativo número de jogadores cedidos pelos dragões aos algarvios e também a transferência de Paulinho, em janeiro, para o novo campeão nacional, e Theodoro Fonseca, acionista maioritário da SAD alvinegra, conhece bem António Folha, acreditando tratar-se do homem indicado para manter a linha de crescimento dos últimos anos, com a subida à Liga NOS e a permanência sem sobressaltos nesse escalão.

Theodoro Fonseca encontra-se no Japão, tal como outros responsáveis da SAD (o presidente Rodiney Sampaio e o diretor-geral Robson Ponte) e o regresso deverá ocorrer apenas na próxima semana, altura em que será fechado o dossier relativo ao treinador. Também nessa altura deverão conhecer avanços os processos relativos a vários jogadores com contrato que são muito cobiçados, casos de Lucas Possignolo, Ewerton, Tabata, Fabrício ou Nakajima. Até ao momento as propostas chegadas a Portimão ainda não se aproximaram dos valores definidos como mínimos pela administração da SAD.

Vítor Oliveira gera algum desconforto

O anúncio pelo P. Ferreira, na manhã de ontem, da contratação de Vítor Oliveira para a próxima época provocou algum desconforto na SAD dos algarvios. O acionista maioritário, Theodoro Fonseca, tinha agendado uma conversa com o treinador logo que regressasse do Japão e esperava que Vítor Oliveira não se comprometesse até lá. Por outro lado, o homem que comandou o conjunto alvinegro nas duas últimas temporadas só termina contrato no último dia de junho e o Portimonense não terá recebido qualquer comunicação do P. Ferreira ou do próprio Vítor Oliveira sobre o entendimento a que chegaram, com fonte da SAD a apontar para "alguma falta de ética".

Por Armando Alves
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Portimonense

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0