Lucas quer travar ataque dos leões

Central brasileiro vai defrontar pela primeira vez um grande e acredita num desfecho positivo

• Foto: Filipe Farinha

O defesa-central Lucas Possignolo vai viver hoje uma noite especial: nunca jogou num estádio cheio e frente a uma das grandes equipas de Brasil ou Portugal. "Será um momento marcante e espero guardar uma boa recordação desta data", refere o jogador do Portimonense.

Motivação, garante Lucas, não vai faltar. "Todos os futebolistas querem atuar nestes ambientes e contra adversários de primeira linha. É uma excelente oportunidade para mostrarmos o nosso valor e vamos querer aproveitá-la", frisa, antes de elogiar o Sporting.

"Iremos defrontar o líder da Liga NOS, uma equipa recheada de bons jogadores e que tem rubricado uma campanha muito positiva", assinala o defesa dos algarvios, particularmente preocupado com o poderio ofensivo dos leões. "O ataque e o meio-campo parecem-me os sectores mais fortes da equipa, aliando capacidade física, mobilidade e rapidez", aponta.
Se Slimani jogar, será Lucas a vigiá-lo de perto. "É um jogador forte e poderoso, que tem marcado muitos golos. Mas o Sporting conta com outros avançados de qualidade e, independentemente de quem surgir na minha zona de ação, estou preparado para a luta. Perante futebolistas de grande qualidade, a concentração e o rigor assumem grande importância e espero que a nossa equipa cometa o mínimo possível de falhas."

Ciente das dificuldades, o central acredita, porém, que o Portimonense "reúne condições para alcançar uma vitória". "Estamos confiantes, jogaremos em casa e já aqui batemos, esta época, duas equipas da Liga NOS – Belenenses e Arouca", recorda.

Olhos postos na luta pela promoção

O Portimonense soma quatro vitórias seguidas, três delas a contar para a 2.ª Liga. O campeonato "é a prioridade" para Lucas Possignolo, a viver a sua segunda experiência no Algarve, depois de em 2013/14 ter sofrido uma lesão grave (rotura dos ligamentos cruzados) que o levou a regressar ao Brasil para recuperar. "Vivemos uma boa fase e isso aumenta a nossa confiança. Temos trabalhado muito e queremos concretizar o sonho da subida", garante, explicando as dificuldades sentidas em casa frente a equipas do fundo da tabela: "Fecham-se muito perto da sua área e fica difícil encontrar espaços. Sentimo-nos mais à vontade perante adversários com uma atitude positiva, que jogam no campo todo."

Por Armando Alves
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Portimonense

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.