Matheus Guedes e Fernando Medeiros apresentados no Portimonense

Reforços brasileiros estavam no desemprego

Da esquerda para a direita: Matheus Guedes, Alan Bernardo (empresário), Rodiney Sampaio (presidente da SAD) e Fernando Medeiros
Da esquerda para a direita: Matheus Guedes, Alan Bernardo (empresário), Rodiney Sampaio (presidente da SAD) e Fernando Medeiros

O Portimonense apresentou esta terça-feira os reforços brasileiros Matheus Guedes (defesa-central, 19 anos, ex-Santos) e Fernando Medeiros (médio, 23 anos, ex-Bahia).

Os dois jogadores estavam desempregados, o que permite a inscrição fora das janelas do mercado de transferências, e ambos assinaram vínculos válidos por quatro épocas, com cláusulas de rescisão de 40 milhões de euros.

Matheus Guedes terminou em março deste ano o vínculo (de formação) com o Santos e não aceitou o contrato profissional que lhe foi apresentado pelo clube, ficando livre. A Roma, de Itália, era o destino apontado para o futuro do defesa mas as alterações registadas na direção desportiva (Monchi, que conduzira as negociações, acabou por sair, voltando ao Sevilha, onde já trabalhara durante largo período) acabaram por inviabilizar o negócio.

O Sevilha, por influência de Monchi, chegou a mostrar interesse em Matheus Guedes, sem que fosse estabelecido um acordo, e o Portimonense, que há largo tempo seguia o jogador, acabou por fechar contrato.

Fernando Medeiros era outro jogador seguido pelo Portimonense há algum tempo. O trinco - que também pode atuar a lateral ou noutras funções no meio-campo - terminou contrato com o Bahia em maio e esteve perto de assinar pelo Vitória de Guimarães na última janela de mercado.

Com 23 anos, formado no Santos, Fernando Medeiros atuou no Botafogo de São Paulo e no Vila Nova, por empréstimo, antes de ingressar no Bahia, tendo a oportunidade de jogar ao lado do irmão gémeo, Flávio, uma das referências do conjunto baiano.

Nos últimos meses Matheus Guedes e Fernando Medeiros não competiram e realizaram apenas trabalho individual, pelo que nas próximas semanas seguirão um plano que lhes permita atingir os índices físicos dos companheiros, de forma a entrarem nas opções do treinador António Folha dentro de cerca de um mês, depois da paragem do campeonato.

 

Por Armando Alves
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Portimonense

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.