Reviravoltas têm o selo de Vítor

Só por uma vez numa liga, em 1985, clube virara de 0-2 para 3-2 fora, com o agora treinador a jogar

• Foto: Rui Minderico

Em 33 participações em campeonatos profissionais apenas por duas vezes o Portimonense esteve a perder fora por 0-2 e conseguiu ganhar. Aconteceu na última quarta-feira, frente ao Benfica B, e antes disso em Vizela, a 28 de abril de 1985. Vítor Oliveira era jogador nesse compromisso de há 32 anos (referente à 26ª jornada da 1ª Divisão) e no Seixal comandou a equipa a partir do banco.

"Tínhamos um grupo fantástico, de enorme qualidade, capaz de ganhar a qualquer adversário, e rubricámos a melhor época de sempre da história do Portimonense, sob o comando técnico de Manuel José", lembra Teixeirinha, a propósito da campanha de 1984/85, que culminou com a conquista do 5º lugar no campeonato principal e um inédito apuramento para a Taça UEFA.

Sem grandes recordações do jogo de Vizela, o antigo lateral – que passou por Benfica e Estoril, entre outros clubes – dá nota "da consistência da equipa, que defendia bem e marcava muitos golos", tendo virado por mais três vezes o marcador nessa época, embora em situações de desvantagem de apenas um golo.

Teixeirinha acredita que o Portimonense "estará em breve de volta à 1ª Liga, o seu lugar, pois dispõe de uma vantagem muito grande e tem mostrado grande superioridade ao longo da época". "A brilhante reviravolta diante do Benfica B foi um sinal claro dessa força", sublinha.

Números

30 jogos consecutivos em casa sem perder na 2.ª Liga é o registo (histórico) que a equipa atingirá se não sair derrotada do duelo com o Varzim, amanhã

78 pontos, alcançados na época passada, são o máximo de sempre do clube num campeonato profissional, marca que deverá cair muito em breve

Por Armando Alves
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Portimonense

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0