Vítor Oliveira: «Iremos à Luz com sentido de responsabilidade»

Alguns titulares estão com mazelas e serão poupados no jogo de quarta-feira da Taça da Liga

O Portimonense vai apresentar-se na Luz, esta quarta-feira, em jogo da segunda jornada do Grupo A da Taça da Liga, sem alguns dos seus habituais titulares mas o treinador Vítor Oliveira acredita que é possível aliar a poupança de unidades mais desgastadas com um bom desempenho diante do Benfica.

"Dois ou três dos nossos jogadores atuaram com pequenas mazelas nos últimos jogos, impossibilitados de estarem ao seu melhor nível. Precisam de recuperar, para voltarem em pleno nos compromissos da Liga NOS, o nosso grande foco", referiu Vítor Oliveira, na antevisão da partida.

O treinador do Portimonense reconhece que as possibilidades da sua equipa "são poucas, depois da derrota caseira com o Vitória de Setúbal, na primeira jornada, mas não desvalorizamos estes jogos e iremos à Luz com seriedade e sentido de responsabilidade. Há uma possibilidade teórica, quase académica, de seguirmos em frente na prova e isso aconselha a uma gestão do plantel, sem deixarmos de querer ganhar o jogo".

O duelo contra o Benfica apresenta-se, assim, "como uma oportunidade para aquilatarmos o potencial e sabermos qual o valor, no momento, de alguns jogadores. Todos os que integram o plantel merecem a nossa confiança e têm qualidade e não há aqui segundas escolhas mas alguns, como por exemplo o Jadson, com escasso tempo de utilização nos últimos nove meses, devido a uma lesão, precisa de ritmo e queremos saber como ele está, em ambiente competitivo".

O Portimonense demonstrou grande poder de fogo durante os primeiros meses da época mas agora vai em três jogos consecutivos sem marcar. "Contra o Estoril e o Chaves tivemos várias oportunidades claras e qualidade de jogo mas a bola não entrou... Diante do Sporting reconheço que fomos nulos do ponto de vista ofensivo. A equipa, no seu todo, não jogou nada... Mas não desaprendemos e, mantendo a mesma filosofia, depressa voltaremos aos golos", assinala Vítor Oliveira.

Confrontado com uma hipotética crise do Benfica, em terceiro lugar no campeonato e já afastado da Taça de Portugal e das provas europeias, o treinador do Portimonense diz que "tudo é relativo" e, sublinha, "ainda nas últimas horas ouvi que têm apenas menos dois pontos que na época passada, encontrando na próxima jornada o segundo classificado. Se ganhar esse jogo, todos dirão que é o fim da crise... Não está tudo bem, assim como não está tudo mal... Contra o Rio Ave o Benfica fez uma belíssima primeira parte e depois tudo o que poderia acontecer de negativo aconteceu e já em Tondela foi o inverso: tudo o que poderia acontecer de bom aconteceu..."

Vítor Oliveira sustenta que "o futebol é o momento mas equipas como as do FC Porto, Benfica ou Sporting são sempre tremendamente difíceis, ainda mais em sua casa. O Benfica tem um quinhão de probabilidades de êxito enorme nesta partida mas há sempre uma pequena percentagem para o Portimonense. Já ganhei ao Benfica... E há que acreditar nessa pequena percentagem e numa surpresa. Se ganharmos com um golo bonito, ótimo, mas se for com um golo aos trambolhões também vale".

No jogo do campeonato, na Luz, o Portimonense perdeu por 2-1 e, no final, Vítor Oliveira falou em... "chouriço", numa expressão que foi entendida como uma alusão ao golo de André Almeida, que procurou cruzar e introduziu a bola na baliza dos algarvios. "Não vou explicar o sentido dessa frase mas não procurei atingir qualquer jogador. Tenho o maior respeito pelos profissionais de futebol e sou incapaz de ofender quem quer que seja", esclareceu o treinador.

Ricardo Ferreira, Rúben Fernandes, Nakajima (apresenta queixas e não trabalhou ontem no campo) e Hackman (castigado) são os habituais titulares que ficam fora da convocatória. Ricardo Pessoa, Marcel, Chidera e Hebling ficam de de fora por lesão. Este último perde a possibilidade de se estrear oficialmente com a camisola do Portimonense mas uma dor numa coxa, que obriga à realização de exames, impede-o de estar na Luz. Nota ainda para Stanley, que já não entra nas contas, pois vai rumar ao Varzim, por empréstimo.

Lista dos convocados:

Guarda-redes: Carlos e Léo.

Defesas: Lumor, Lucas Possignolo, Jadson, Felipe Macedo e Inácio.

Médios: Rosell, Ryuki, Paulinho, Dener, Ewerton e Pedro Sá.

Avançados: Tabata, Manafá, Wellington, Fabrício e Pires.

Por Armando Alves
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Portimonense

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.