António Silva Campos e Tarantini apontam ao sonho europeu

Arranque de época pode ser histórico e o presidente não esconde a satisfação

• Foto: Bruno Teixeira Pires

O excelente arranque de época do Rio Ave tem tido reflexos inequívocos na tabela classificativa, de tal forma que a equipa ocupa, neste momento, um brilhante 4.º lugar, estando, inclusivamente, à frente do Sporting.

O bom momento deixa os vila-condenses à beira de uma marca histórica que pode ser alcançada já este sábado, na receção ao Chaves: em caso de vitória, o Rio Ave chega aos 17 pontos e supera a marca alcançada em 2015/2016, quando eram liderados por Pedro Martins. Nessa altura, em jornada homóloga, os vilacondenses tinham 15 pontos.

António Silva Campos, presidente do Rio Ave, falou à margem da assinatura de um novo protocolo com o Mortágua e, embora tenha demonstrado não querer dar um passo maior do que a perna, não escondeu a satisfação com que encara o futuro. "Temos consciência do nosso valor e da nossa qualidade mas não nos iludimos. Sabemos quem somos mas também podemos sonhar", começou por dizer, deixando uma ambição para a posteridade.

"Foi um início de época difícil, com mudança de treinador e de alguns jogadores, mas temos uma equipa com grande qualidade e vamos lutar com todas as nossas forças pelos objetivos. Queremos andar nos oito primeiros lugares e não vamos perder a esperança de podermos sonhar com uma qualificação europeia", apontou.

Também Tarantini, figura de proa do Rio Ave, está entusiasmado com a boa fase, mas prefere manter-se focado no presente. "Tenho falado muito sobre o assumir um objetivo europeu. Acho que só faz sentido fazê-lo se formos somando pontos. O importante é lutarmos pela vitória em cada jogo", assumiu.

Protocolo com o Mortágua fortalece o crescimento

O Rio Ave tem tido um crescimento sustentado nos últimos anos e continua a criar bases para um futuro ainda melhor. Nesse sentido, os vilacondenses assinaram ontem um protocolo com o Mortágua, válido por duas temporadas, numa cerimónia que decorreu na Câmara Municipal de Mortágua e que teve casa cheia.

"Para nós estes protocolos são muito importantes. Servem também para demonstrar quem é o Rio Ave, geminando culturas de desporto. Estamos a apostar num clube e numa terra que merecem, num trabalho que tem sido reconhecido pela Federação Portuguesa de Futebol", ressalvou António Silva Campos.

Já Tarantini… olhou para o seu passado. "Sei bem o que é nascer numa terra onde as oportunidades surgem de outra forma. Espero que este projeto ofereça às crianças de cá essas mesmas oportunidades. Eu próprio tive de subir a pulso. É uma iniciativa de louvar", concluiu.

Por Ricardo Chambel
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Rio Ave

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.