Carlos Carvalhal: «Acabámos por ter a felicidade que procurámos»

Treinador do Rio Ave contente pela reviravolta no resultado diante do Portimonense

• Foto: Peter Spark / Movephoto

O Rio Ave venceu (2-1) na receção ao Portimonense, em jogo a contar para a 31.ª jornada da Liga NOS, num encontro em que a formação vila-condense partiu desde muito cedo em desvantagem no marcador, graças ao golo de Vaz Tê, aos 6 minutos.

No final do encontro, Carlos Carvalhal mostrou-se satisfeito pela reviravolta que a sua equipa foi capaz de dar no resultado, afirmando ainda que o vento acabou por condicionar um pouco o jogo da equipa.

"O jogo prometia muito. O Portimonense tem boa equipa, tem organização. Só que o vento condicionou muito, tal como tinha acontecido, aqui, com o Paços de Ferreira. Na primeira parte, jogámos contra o vento. Na segunda, tudo se inverteu. Jogámos talvez 80% no meio-campo ofensivo. Não é fácil. Acabámos por ter a felicidade que procurámos", começou por dizer o técnico vila-condense.

Reviravolta no resultado não vem de agora

"Já não é a primeira vez que conseguimos inverter o resultado. Dá uma saúde muito grande à equipa."

Os 50 pontos atingidos

"Estamos apostados em bater os 51 pontos, que é o máximo do clube. Temos de abordar todos os jogos para tentar ganhar e conquistar o máximo de pontos possível", concluiu.

Por Record com Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Rio Ave

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0