Carlos Carvalhal acredita que duelo com Sp. Braga pode "ser decidido nos pormenores"

Treinador do Rio Ave conseidera jogo de "elevado grau de dificuldade"

Carlos Carvalhal, treinador do Rio Ave, considerou esta segunda-feira que a partida de terça-feira, com o Sp. Braga, da 29.ª jornada da Liga NOS, poderá "ser decidida nos pormenores".

O técnico dos vila-condenses classificou o jogo de "elevado grau de dificuldade" para os dois conjuntos, lembrando que ambos têm vindo a progredir nas suas prestações nas últimas jornadas.

"O Braga sempre foi uma equipa forte com bons jogadores, com capacidade individual para resolver uma partida a qualquer momento. Com o Custódio estão a melhorar jogo após jogo. Mas o Rio Ave também tem vindo a evoluir desde a retoma do campeonato, mostrando que é sólido e maduro. Será um jogo que pode ser decidido nos pormenores, disse o técnico dos vila-condenses.

Independentemente do desfecho deste desafio, e até das próximas jornadas, Carlos Carvalhal considera que a época do Rio Ave "já é muito boa", lembrando que a equipa atingiu recordes históricos na participação do clube na Liga.

"Terminamos a primeira volta com 25 pontos, conseguimos nove jogos sem perder, fizemos o melhor registo de pontos fora casa, e se nos tivessem 'deixado' podíamos ter estado na final 'four' da Taça da Liga. Queremos continuar a perseguir o que o melhor fez o Rio Ave na sua história, e ainda não estamos satisfeitos. Faltam muitos pontos que queremos conquistar", disse o técnico.

Para esses objetivos, e sem mencionar a luta por um lugar que garanta uma vaga nas competições europeias da próxima época, Carlos Carvalhal garantiu que, até ao final do campeonato, irá continuar a promover alguma rotatividade no onze.

"Após a paragem forçada da Liga, assumimos que íamos fazer alternância nas escolhas. Temos jogadores com qualidade e valor e um grupo onde todos estão preparados para jogar. Não há titulares nem suplentes e nossa dinâmica é boa", vincou.

O treinador deixou, ainda, uma palavra de alento para o defesa brasileiro Junio Rocha, que hoje foi operado a uma fratura no perónio da perna direita, contraída no treino de sábado, e que lhe vai impor uma paragem de vários meses.

"Lamentamos a lesão grave do Junio. Esperamos que recupere rápido e queremos dedicar-lhe a vitória já neste jogo com o Braga", concluiu Carlos Carvalhal.

Além da ausência de Junio Rocha, os vila-condenses também não podem contar neste desafio com o lesionado Jambor e com o castigado Diogo Figueiras.

O Rio Ave, sexto classificado com 44 pontos, recebe esta terça-feira o Sporting de Braga, quarto com 50, numa partida agendada para as 21:30, e que terá arbitragem de Nuno Almeida, da Associação de Futebol do Algarve.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Rio Ave

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0