Carlos Carvalhal e o jogo da Taça com o Benfica: «No futebol não há impossíveis»

Vila-condenses defrontam as águias esta terça-feira para a Taça de Portugal

• Foto: Nuno Fonseca / Movephoto

Depois de eliminar o Condeixa, o Alverca e o Marinhense na Taça de Portugal, o Rio Ave prepara-se para defrontar o Benfica nos quartos de final da prova. Na antevisão do encontro, Carlos Carvalhal, técnico dos rioavistas, deixou elogios ao Benfica, mas expressou a vontade da sua equipa em seguir em frente na prova.

O treinador começou por explicar quais os aspetos que o Rio Ave tem de alterar em relação ao embate entre os dois clubes para o campeonato. "No jogo com o Benfica para o campeonato tivemos dificuldades no setor ofensivo, com alguns jogadores lesionados. Penso que é esse aspeto que temos de melhorar, temos de ser mais agressivos no capítulo ofensivo. Nesse jogo tivemos personalidade na 1ª parte, mas faltou agressividade ofensiva. Penso que estamos mais equilibrados, o que não significa que vamos ser muito mais ofensivos, mas prometemos que vamos entrar com o objetivo de vencer", afirmou, dando ainda ênfase ao trabalho que tem vindo a ser feito por Bruno Lage: "Vai ser um jogo difícil. Jogos em casa de clubes como Benfica, FC Porto, Sporting, Sp. Braga e V. Guimarães são sempre complicados. Este, em função do histórico do Benfica, é mais difícil ainda. O Benfica, principalmente desde que o Bruno Lage chegou ao clube, tem feito um trajeto a roçar o perfeito, tem perdido pouquíssimos pontos".

Assumindo que a eliminação da Taça da Liga deixou marcas no plantel, Carlos Carvalhal recusou a ideia de que o Benfica possa chegar nervoso à partida desta terça-feira por ter vencido os últimos dois encontros pela margem mínima: "Não espero um Benfica nervoso porque a equipa tem vindo a ganhar. Também não penso que o Benfica estará a pensar no jogo com o Sporting porque sabe que o Rio Ave é uma equipa incómoda, que tem capacidade para competir com o Benfica. Sabemos da diferença que há entre as duas equipas, mas tenho dito aos meus jogadores que no futebol não há missões impossíveis. Temos de se organizados, empenhados e acreditar que podemos avançar na prova".

O técnico concluiu falando do seu futuro. "Não posso garantir que este não será o meu último jogo pelo Rio Ave, nenhum jogador nem nenhum treinador do mundo pode dizer isso. O que posso dizer é que o empenhamento é total, que gosto do clube e dos jogadores e que tenho uma excelente relação com o presidente", rematou.

A partida entre Benfica e Rio Ave, que se vai disputar no Estádio da Luz, está agendada para as 21h15 desta terça-feira.

Por Diogo Matos
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Rio Ave

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.