Carlos Carvalhal e os despedimentos de treinadores à 4.ª jornada: «Custa-me entender»

Treinador do Rio Ave diz que "são os tempos que correm, os tempos modernos"

• Foto: David Cabral Santos

O Sporting anunciou a saída de Marcel Keizer na sequência da derrota com o Rio Ave por 3-2 em Alvalade e este sábado Carlos Carvalhal foi questionado sobre a mudança técnica na equipa leonina. O treinador da equipa de Vila do Conde não quis particularizar mas disse não entender decisões tão precoces.

"À quarta jornada é muito mau para qualquer clube despedir um treinador. Os clubes terão as suas razões. Custa-me entender.  Ou mesmo à 6.ª ou 7.ª. Estes são os tempos que correm, os tempos modernos. Somos muitas vezes o escape, uma vez por erros nossos, outra vez não", afirmou na conferência de imprensa de antevisão do jogo em atraso com o V. Guimarães.

Carvalhal recordou que o Rio Ave levou para Alvalade "uma dinâmica de jogo" e "jogou olhos nos olhos perante um adversário muito bom", o que "tentará fazer o mesmo" diante os vimaranenses.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Rio Ave

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.