Carlos Carvalhal: «Era importante apanhar o comboio da frente»

Treinador do Rio Ave mostrou-se satisfeito pela conquista dos três pontos diante do Boavista

• Foto: José Gageiro / Movephoto

O Rio Ave venceu (2-0) o Boavista, em jogo da 17.ª jornada da Liga NOS, num encontro em que os golos de Diego Lopes (40') e Taremi (45+4') fizeram a diferença.

No final da partida, Carlos Carvalhal afirmou que o mais importante era "tentar fazer o melhor registou do Rio Ave na sua história", algo que não foi possível, mas congratulou a exibição da equipa diante da formação axadrezada mesmo depois de um encontro "de alta intensidade" com o Benfica, para a Taça de Portugal.

"O mais importante é que tínhamos o objetivo de tentar fazer o melhor registo do Rio Ave na sua história, não conseguimos, mas fizemos o segundo. 25 pontos é muito bom. Foi um objetivo alcançado. E isso, claro, passava pela vitória hoje. Na primeira parte estivemos seguros, a circular a bola, sem grandes oportunidades, é verdade, mas seguros. Esperamos o momento a circular, acabámos por fazer um golo que terá sido à tangente no fora-de-jogo, mas acho que seria penalizador para o Boavista, que fez uma boa segunda parte. Com o 2-0 controlámos e o controlo não foi o que queríamos. Recordo que fizemos um jogo de alta intensidade, não só emocional, mas a todo os níveis, frente ao Benfica. Isso tem reflexo não tanto no ponto de os jogadores correrem, mas a nível da concentração. Quando a equipa se apanhou a ganhar 2-0, teve a preocupação de tentar circular e aguentar. Ficamos confortáveis e acho que resolvemos bem", apontou o técnico vila-condense.

Importância da conquista dos três pontos

"Era importante apanhar o comboio da frente. Era esse o objetivo. Hoje tínhamos essa oportunidade de nos colarmos às equipas que estão acima e isso é importante. Dentro dos objetivos do Rio Ave. Obviamente que temos objetivos e que esses passam pelo maior número de pontos e pela melhor classificação possível. Há poucas equipas a disputar as competições europeias, o que limita. São 4 lugares e 1 na taça. O segundo objetivo eram as taças. Na taça fomos eliminados pelo Benfica, na Taça da Liga puseram-nos fora, se não estaríamos na final four. Infelizmente não foi possível. No campeonato estamos bem", concluiu.

Por Pedro Morais
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Rio Ave

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.