Carlos Carvalhal: «Impusemos um jogo de sentido único com várias oportunidades»

Treinador do Rio Ave acredita que a equipa podia merecia outro resultado diante dos cónegos

• Foto: José Coelho / LUSA

O Rio Ave empatou (1-1) na receção ao Moreirense, em jogo a contar para a 9.ª jornada do campeonato português de futebol.

No final da partida em Vila do Conde, Carlos Carvalhal, treinador dos vilacondenses, afirmou que a equipa impôs "um jogo de sentido único" aliado a "algumas oportunidades para marcar".

"Entrámos bem no jogo a criar algumas oportunidades para marcar, mas depois do golo do Moreirense, a equipa sentiu o golpe e foi o período que menos gostei. Como não estávamos insatisfeitos mudámos ao intervalo, passamos a jogar com três defesas, e apesar de corrermos alguns riscos estivemos equilibrados. Impusemos um jogo de sentido único com várias oportunidades para marcar", afirmou o técnico vilacondense.

Carlos Carvalhal acredita que o Rio Ave dispôs de oportunidades suficientes para merecer "mais que o empate" e, apesar de ter sido o terceiro jogo consecutivo para o campeonato sem vencer, o técnico vincou que a equipa não vai alterar a "identidade".

"Tivemos mais futebol e mais remates, e por isso acho que merecíamos mais que o empate. Sempre disse que este Rio Ave vinha para animar o campeonato, com jogos vivos e um futebol que os adeptos gostem. Mas as coisas não caem do céu. A equipa está preparada para criar dificuldades aos adversários e o rendimento tem subido. Não vamos mudar a nossa identidade", concluiu.

Por Record com Lusa
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Rio Ave

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.