Carlos Carvalhal quer "aumentar registo histórico" do Rio Ave

Treinador dos vila-condenses quer dar sequência ao trabalho desempenhado pela equipa durante a temporada

• Foto: José Gageiro / Movephoto

O treinador do Rio Ave mostrou esta sexta-feira a ambição de, na partida deste sábado, frente ao Boavista, da 34.ª jornada da Liga NOS, "aumentar o registo histórico" conseguido pela equipa esta época.

Em declarações ao site do clube, Carlos Carvalhal não se referiu à possibilidade de a equipa poder, ainda, ascender ao quinto lugar do campeonato, e garantir uma vaga nas competições europeias da próxima época, mas já fez um balanço "com saldo fantástico do que foi atingido até ao momento".

"Esta foi a melhor época em termos pontuais do Rio Ave na 1.ª Liga, e com alguns recordes na invencibilidade em nove jogos ou no maior número de pontos conquistados fora. Mas, mais que os números, o que marcou esta época foi a qualidade de jogo, que foi subindo até atingirmos um nível de maturidade enorme. Temos um jogo ainda para disputar e aumentar esse registo histórico", disse o técnico dos vila-condenses.

Carlos Carvalhal, que está em final de contrato com o emblema da foz do Ave, enalteceu, também, a "valorização dos jogadores" e a forma como a equipa "se bateu sempre cara a cara com qualquer adversário", esperando dar sequência no desafio de sábado no estádio do Bessa.

"O Boavista é um adversário difícil, que merecia mais pontos do que conseguiu nos últimos jogos. É sempre difícil jogar no Bessa, mas é também um estímulo. Espero um jogo disputado, mas onde vamos tentar a vitória que desejamos", disse Carlos Carvalhal.

O treinador deu os parabéns ao seu homólogo dos axadrezados, Daniel Ramos, "pelo ótimo trabalho que fez na transformação da equipa", mas também elogiou o avançado do Rio Ave Taremi, que é atualmente o melhor marcador da equipa, com 16 golos no campeonato.

"É um jogador que ajudou imenso a equipa, como a equipa o ajudou a ele. Acho que se não tivesse passado por um período de lesão que o retirou de alguns jogos seria o melhor marcador do campeonato", analisou Carlos Carvalhal. Para este derradeiro jogo da Liga, o técnico dos vila-condenses apenas não pode contar com os lesionados Júnio Rocha e Jambor.

Os vila-condenses ainda têm possibilidade de ascender ao quinto lugar do campeonato, e garantir uma vaga nas competições europeias, mas, para isso, têm de vencer o Boavista nesta derradeira ronda, e esperar que o Famalicão perca ou empate no duelo com o Marítimo, na Madeira.

A partida entre Rio Ave, sexto classificado com 52 pontos, e Boavista, 11.º com 39, está agendada para as 19h00 deste sábado, no estádio do Bessa, no Porto, e terá arbitragem de Manuel Oliveira, da Associação de Futebol de Porto.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Rio Ave

Emprestados em avaliação

O facto de, à partida, o Rio Ave disputar a 2ª Liga em 2021/22 abre mais hipóteses aos jovens para ficarem no plantel

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.