Carlos Carvalhal: «Vamos tentar explorar os pontos fracos do Benfica»

Treinador do Rio Ave antevê deslocação "difícil" à Luz

• Foto: Lusa

Depois do empate frente ao Moreirense, o Rio Ave prepara-se para defrontar o Benfica este sábado (18 horas). Na antevisão da partida, Carlos Carvalhal, técnico dos vila-condenses, recusou a ideia de que defrontar Bruno Lage, seu ex-adjunto, vá ser especial e classificou o embate com os encarnados como um dos mais difíceis do campeonato.

O treinador do Rio Ave referiu a importância do jogo coletivo para enfrentar o Benfica e analisou o facto de a equipa ter jogado a meio da semana. "Para construirmos uma vitória num campo tão difícil temos de ser muito competentes e consistentes. Não podemos ser uma equipa de espasmos. Queremos ter a bola e construir oportunidades de golo. Houve um espasmo no calendário, não podemos falar em adaptação e as equipas não se tornam mais competitivas por jogarem de vez em quando de três em três dias. Tornam-se competitivas se jogarem regularmente de três em três dias, há até mais competitividade interna. Por ser uma situação atípica temos de a gerir da melhor forma, os jogadores recuperam de formas diferentes. O Benfica tem uma pequena vantagem porque tem feito mais alterações e porque tem um plantel mais extenso que lhe permite fazer isso mesmo", referiu.

Deixando a certeza que não vai repetir o 11 do jogo com o Rio Ave, Carlos Carvalhal desvalorizou o facto de já ter trabalhado com Bruno Lage: "Não é especial jogar contra o Bruno Lage. Tenho um carinho muito grande por ele, assim como tenho pelo João Pedro Sousa, e fico feliz por estarem a fazer um bom trabalho. É um jogo com o Benfica, não é um jogo entre o Carlos Carvalhal e o Bruno Lage. Há assimetrias grandes entre as duas equipas, o que é normal. O contexto não é fácil, devido ao calendário, mas as duas equipas estão em igualdade de circunstâncias. O Benfica pode fazer uma rotatividade mais efetiva, mas vamos fazer procurar fazer o nosso jogo, respeitar o adversário e tentar vencer. O Benfica tem muitos pontos fortes e temos de saber aproveitar os poucos pontos fracos que o adversário terá. Se não é o jogo mais difícil do campeonato, é um dos jogos mais difíceis".

O técnico concluiu apontando o grande problema da sua equipa na presente temporada. "Temos pecado pela eficácia, estamos a criar oportunidades, mas a concretização não tem sido a melhor comparativamente com o início. Creio que é a única diferença. Sou treinador e, mais do que para os resultados, tenho de olhar para aquilo que a minha equipa faz. De forma alguma estamos num período negativo. Estamos a meio da tabela e a praticar bom futebol. Há uma diferença muito grande entre Rio Ave e Benfica, mas vamos tentar equilibrar as forças e vencer o jogo. Mesmo quando temos um por cento de probabilidades, temos sempre 100 por cento de ambição", rematou.

O jogo entre Benfica e Rio Ave está agendado para as 18 horas deste sábado.

Por Diogo Matos
Deixe o seu comentário
  • SL Benfica
    -
    Rio Ave
  • (1)
    (X)
    (2)
  • 1.29
    5.4
    11
  • *Odds sujeitas a variação. Consulte o valor actual desta odd em www.nossaaposta.pt
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Rio Ave

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.