Carlos Carvalhal: «Vou pedir uma reunião com o presidente e apresentar a demissão»

Treinador do Rio Ave ficou alterado depois da eliminação da Taça da Liga e após ver um golo anulado

Carlos Carvalhal garantiu, após o jogo que ditou a eliminação do Rio Ave da Taça da Liga, que vai pedir uma reunião com o presidente António Silva Campos e apresentar a demissão.

"Sou uma pessoa séria e coerente, vou pedir uma reunião com o presidente e vou pedir a minha demissão. Isto não é o meu futebol, o meu futebol, o meu jogo. A decisão é de hoje. Ando a trabalhar arduamente para conseguir resultados para o Rio Ave. A minha pergunta é o que é que eu estou aqui a fazer? Não estou aqui a fazer nada. Eu não quero isto para a minha vida. Isto não é a quente, é aquilo que eu acho. Se eu estou a trabalhar para ter objetivos e não consigo, porque não consigo controlar, eu não ando aqui a fazer nada. Mais uma vez, eu não falo de arbitragens. Mas andamos a mentir uns aos outros, é o VAR, é não sei o quê, então eu tenho o direito de não querer isto. Não preciso de ganhar dinheiro assim", disse o técnico, à SportTV.

De referir que o Rio Ave não escondeu a frustração com a prestação de André Narciso já depois do apito final, após ver o juiz anular um golo aos 84' e conceder um penálti ao Gil Vicente nos instantes finais dos descontos.

Por Pedro Morais
16
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Rio Ave

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0