Daniel Ramos: «Os golos acabam por não traduzir o que aconteceu»

Sublinha que o Rio Ave também teve oportunidades para marcar

• Foto: Hélder Santos

Daniel Ramos, treinador do Rio Ave, sublinhou que a equipa tentou fazer golos em Alvalade e referiu que o resultado com o Sporting pode enganar.

Análise ao jogo

"Os golos acabam por não traduzir o que aconteceu, entrámos bem, melhor do que o Sporting, mas cometemos ereros que nos penalizaram bastrante. Sofremos golos de formas improváveis. Um Rio Ave sem desistir, que não se escondeu, tentou jogar. Estivemos perto do golo. Permitimos de forma pouco provável que as oportunidades resultassem em golo. Apesar do resultado, que não traduz o jogo jogado de parte a parte, o Rio Ave também teve oportunidades e posse de bola. Podíamos ter sido mais agressivos, é uma necessidade neste momento, há coisas a melhorar mas nem tudo foi mau."

Como corrigir erros?

"Com trabalho e análise. É esperar que os jogadores consigam tomar decisões melhores no futuro com o treino. Não nos escondemos de jogar. O erro faz parte do jogo, é reduzir ao máximo o número de erros nesta ponta final do campeonato, porque estamos a ser penalizados por isso. Se calhar ser uma equipa mais pragmática no futuro e não com tanta intenção de querer jogar e fazer um jogo positivo.É uma opção e vou equacionar isso."

Por Luís Miroto Simões
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Rio Ave

Notícias

Notícias Mais Vistas