Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Empate com o Famalicão

José Gomes rodou a segunda linha e ensaiou esquema tático com quatro médios

• Foto: MoveNotícias
Receita alternativa na apresentação oficial do Famalicão com o Rio Ave a ensaiar um sistema tático de vocação ofensiva, mas que contemplou quatro elementos na linha média. Recurso ao tradicional tridente ofensivo que o técnico José Gomes tem vindo a preparar durante a pré-época, na perspetiva de acautelar o plantel para as exigências que a 2ª pré-eliminatória da Liga Europa vai colocar dentro de uma semana.

Aposta, contudo, confinada à maioria da segunda linha vila-condense, embora sem reflexos na dinâmica de jogo e na gestão de recursos que José Gomes tem vindo a patentear na perspetiva de dar o mesmo tempo de utilização a todos os elementos nesta fase de preparação.

Desenrolar em tom de assalto morno perante um Famalicão coeso, mas ainda sem a preparação física ideal para poder assumir uma postura mais audaz até Sérgio Vieira refrescar a sua equipa com oito alterações a meio da etapa complementar e, com isso, criar os desequilíbrios que permitiram a Pedrinho estabelecer o empate na reta final após uma transição bem delineada por Anderson.

Até lá, o domínio vila-condense ficou marcado pela saída em falso do guardião Defendi a um cruzamento de Afonso Figueiredo após rasgo individual de Damien no corredor. Lapso com reflexos práticos, porque abriu o espaço proibido para a antecipação de Nadjack inaugurar o marcador através de um desvio pouco ortodoxo mesmo à boca da baliza.
Por Pedro Malacó
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Rio Ave

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M