Pandemia atrasa obras nos Arcos

Bancada interditada será demolida

Em Vila do Conde, o surto de coronavírus não implicou apenas a paragem da competição e dos treinos no terreno. As obras nos Arcos também estão suspensas e, por consequência, sofrerão um atraso nas datas de conclusão. Em causa está a academia do clube e a demolição da bancada nascente do estádio do Rio Ave.

Ora, os trabalhos de edificação da academia vila-condense, atrás da bancada descoberta do estádio, já estava em curso e pouco mais de metade da obra estaria já terminada. Todavia, as restrições decretadas pela DGS, em articulação com o Governo a propósito da Covid-19, forçaram a suspensão dos trabalhos.

Consequentemente, a demolição da bancada nascente também fica adiada, tendo em conta que só poderia avançar depois de concluída a edificação da academia do Rio Ave. Isto porque é nesta bancada que se encontram todos os materiais e postos de trabalho das equipas de formação do clube e tudo isso terá de ser transferido para a nova academia, quando esta estiver concluída, para depois ser demolida a bancada nascente e construída uma nova. Esta foi interditada ao público no início da presente época, por problemas estruturais que colocavam em risco a segurança dos adeptos.

Por André Gonçalves
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Rio Ave

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.