Pedro Martins: «O objetivo primário era levar o jogo para Vila do Conde»

Técnico confiante em dar a volta na segunda mão

• Foto: Lusa

Pedro Martins, treinador do Rio Ave, confessou que apesar da derrota sofrida diante do Sp. Braga (1-0), o objetivo dos vilacondenses era levar a eliminatória para Vila do Conde, discutindo a passagem à final da Taça de Portugal no seu terreno.  

"Tínhamos definido uma estratégia, porque é uma eliminatória a duas mãos, e sabíamos o que pretendíamos. Não é fácil sofrer um golo tão cedo, mas a equipa levantou-se, teve essa capacidade de sofrer naquele momento. Fomos levantando-nos e a segunda parte é bem diferente, bem mais equilibrada do que a primeira, obrigámos o Braga a errar. O objetivo primário era levar o jogo para Vila do Conde e isso foi conseguido.Na segunda parte, o Braga não criou uma única oportunidade e era sua responsabilidade porque jogava em casa", começou por afirmar o técnico português. 

Sobre um alegado penálti contestado pela equipa de Vila de Conde, Pedro Martins lamentou que Bruno Paixão não tivesse marcado falta: "Taticamente fomos perfeitos e lamento que o Bruno Paixão, que é um bom árbitro, tenha errado no penálti sobre o Kayembe. Até o Goiano, vê-se pelas imagens, já reconheceu que fez penálti".

"Faltam 90 minutos, ou mais, e tenho a certeza que em nossa casa vamos ter o estádio cheio e ter uma noite de glória porque temos muita ambição de chegar ao Jamor e este grupo de trabalho está muito convicto de que isso vai acontecer. Na segunda mão é preciso fazer golos e ter outros níveis de eficácia. O jogo vai ser diferente, é em nossa casa, e o grupo de trabalho vai saber interpretar isso, até porque vai ser uma estratégia bem diferente do que foi hoje. A equipa vai ter que ter outra capacidade ofensiva e assumir esses momentos", rematou.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Rio Ave

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.