João Henriques: «Jogo terminou aos 40 minutos com a expulsão do Fábio»

Considera que o lance foi determinante

• Foto: Nuno Gomes

João Henriques considerou que a expulsão de Fábio Cardoso foi determinante no desfecho do jogo desta sexta-feira com o Benfica. O treinador gostou, no entanto, da prestação dos seus jogadores e realçou que a equipa também teve oportunidades para marcar.

Expulsão determinante

"O jogo terminou aos 40 minutos com a expulsão do Fábio. Até ao golo do Benfica foi repartido, nós estávamos a ter alguma bola, a criar situações, explorar espaço entre linhas. Até que surgiu o erro individual que permite ao adversário ficar na frente do marcador. De alguma forma injusto na altura, porque tinha havido oportunidades nas duas áreas."

Fácil expulsar os seus jogadores

"O erro causado também pelo estado da relva, que não permitiu ao Fábio abordar a bola da melhor forma. Depois é o lance da expulsão que faz com que nós ficássemos com a vida mais complicada. Tentámos, trabalhámos, tivemos caráter, mesmo com um a menos tivemos oportunidades, mas o Benfica criou várias. Resultado justo, a vitória não sofre contestação mas o lance da expulsão dita o que aconteceu e a história do jogo foi a partir dele. Mais uma vez terminámos um jogo com menos um, parece que somos uma equipa de arruaceiros, mas são lances discutíveis. É muito mais fácil sacar de um amarelo ou vermelho direto na nossa equipa, é muito fácil isso acontecer.É uma situação discutível, já vi e acho que o Pizzi tinha o César por perto. Para vermelho direto, fica a minha dúvida. A partir desse momento ficámos limitados."

Já recebeu os quatro primeiros

"O calendário era isto mesmo, mais uma vez ficámos condicionados de forma que não pudéssemos discutir 11 contra 11 até ao final. Sabíamos que podíamos fazê-lo. Voltámos a demonstrar que somos uma equipa difícil de bater 11 contra 11, mas 10 contra 11 contra o Benfica é muito complicado. 10 contra 11 contra o Sporting é muito complicado.

Segue-se a segunda volta

"Acabou a primeira volta, temos 21 pontos, vamos procurar fazer idêntico. Em casa já não temos grandes nem as equipas que estão no topo, temos de fazer o nosso trabalho e continuamos com o objetivo que é a manutenção."

Por Luís Miroto Simões
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Santa Clara

Notícias

Notícias Mais Vistas