João Henriques: «Não é por acaso que o guarda-redes do Rio Ave foi o melhor em campo»

Treinador diz que o adversário foi mais eficaz

• Foto: Nuno Gomes

João Henriques atribuiu a derrota caseira do Santa Clara frente ao Rio Ave (1-3) à falta de eficácia dos açorianos e à exibição de Léo Jardim, guarda-redes dos vilacondenses. O treinador lamentou também a infelicidade que teve com as lesões.

"Não é por acaso que o guarda-redes do Rio Ave foi considerado o melhor em campo, como aconteceu com os guarda-redes dos outros nossos adversários na prova. Nós temos esta identidade.

Tivemos várias situações para finalizar, mas o Rio Ave foi mais eficaz. Também fomos infelizes relativamente às lesões (Accioly e Patrick substituídos) e isso foi o fator decisivo, perante um adversário com qualidade, um adversário que na época anterior se qualificou para a Liga Europa.

Saímos de cabeça levantada para aquilo que vem a seguir, pois fizemos um trabalho bem feito, apenas fomos infelizes. Temos de dar mérito principalmente ao guarda-redes adversário, que fez uma excelente exibição e 11 defesas, todas de grande nível", referiu.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Santa Clara

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.