Abel Ferreira 'avisa' Conceição: «No próximo ano vou querer a desforra»

Técnico do Sp. Braga deixa aviso tendo em vista a próxima temporada

• Foto: Luís Vieira / Movephoto

Depois de algumas trocas de palavras na véspera, e até a sensação dada por Sérgio Conceição de que as suas palavras teriam sido mal interpretadas, Abel Ferreira deixou claro que está tudo bem entre os dois técnicos e até que o seu 'rival' de posto foi uma das suas grandes referências. Ainda assim, alerta o timoneiro minhoto, na próxima temporada vai partir em busca de uma desforra.

"Quando cheguei a Braga o Sérgio o treinador. Foi uma das minhas referências quando estava no Penafiel e revejo-me na sua garra, atitude e mentalidade. Já o disse publicamente. Sei que os elogios dele foram sinceros, assim como os meus também são. Ele disse na antevisão que o Braga não é grande, mas que joga como um grande e é isso que vamos procurar fazer. Ser cada dia e a cada jogo melhores. Ele sabe que lhe tenho estima, mas no próximo ano vou querer a desforra", garantiu o técnico minhoto.

Questionado sobre aquilo que leva deste encontro da Taça de Portugal, no qual empatou a um golo, Abel foi claro na análise. "Vou para casa com a consciência de que fizemos tudo, de que esta equipa sabe o que faz. Desde que aqui estou prometi valorizar o espectáculo com qualidade de jogo. Esta equipa joga em qualquer sistema que lhe peça para jogar. Jogamos num sistema diferente hoje, mas os jogadores souberam interpretar, ler o jogo, os espaços e o tempo. Sabendo que cada jogo é único, hoje fomos melhores perante um grande adversário. O que vou exigir é esta qualidade e atitude, pois estando bem estaremos mais perto de ganhar".

A suspensão de Sérgio Conceição

"Vou falar de mim... A minha expulsão sucedeu quando o Jorge Sousa veio a correr na direção do banco a dizer que não havia bolas. Disse-lhe que também queria ganhar o jogo. Respeito a atitude do árbitro, é ele quem manda... Entendo que todos os intervenientes têm de ter atenção e sensibilidade, mas não vou comentar. Não vou comentar o caso do Sérgio porque não sei o que se passou. Hoje fiquei no banco porque se ficasse de fora não seria justo"

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas