Abel Ferreira: «Estamos a construir uma equipa para algo mais»

Técnico elogiou os adeptos e até falou numa "campanha" a ser negociada com o presidente

• Foto: Lusa

Abel Ferreira demonstrou a sua satisfação com o desempenho dos jogadores bracarenses no triunfo caseiro frente ao P. Ferreira (3-0) este domingo, em jogo da 13.º jornada da Liga NOS. O técnico lembrou a palestra no descanso, quando a partida ainda permanecia empatada, e elogiou a "força" do seu conjunto.

"Entrámos muito fortes, com uma grande dinâmica e circulação de bola, a obrigar o adversário a fechar os corredores e a abrir espaços. Fomos criando oportunidades e o golo apareceu [de Hassan, anulado pelo vídeo-árbitro]. Foi fantástico, numa grande jogada, mas, com todos a festejar, em grande ambiente, foi anulado e isso sentiu-se. De facto, marcou a equipa na parte mental", analisou.

"Ao intervalo, disse-lhes que tínhamos que puxar a fita atrás e manter o que fizemos de bom até àquele momento. Podia haver alguma preocupação pelo muito público presente, mas somos nós que temos que mandar no jogo. Na segunda parte, a equipa mostrou a força física, mental e anímica que tem e os dados estatísticos dizem que é tremenda nos últimos 15 minutos", prosseguiu.

Na verdade, os bracarenses só chegaram ao primeiro golo após a expulsão de Mateus Silva, aos 65 minutos, que deixou os castores reduzidos a dez. "É verdade, é menos um jogador, não posso fugir a isso, mas faz parte das contingências do jogo. No último jogo, ficámos sem dois jogadores por entradas violentas sobre eles, o Fransérgio e o Paulinho, que levou três porradas seguidas", recordou o técnico em relação ao assunto, acrescentando ainda que a intenção do seu conjunto passa por "disputar a bola dentro dos limites e defender o espetáculo e os jogadores."

Abel Ferreira não deixou de reforçar a importância dos adeptos, que compareceram em massa. Recorde-se que o clube foi castigado com um jogo à porta fechada devido aos cânticos racistas no encontro frente ao Aves e, indignados com a decisão, anunciaram entrada gratuita para a partida frente ao Paços. Agora, o treinador até fala numa "campanha" para agradecer ao público presente este domingo.

"Pedimos e eles vieram. Ajudaram-nos muito, é fantástico ver as bancadas de vermelho. Lanço aqui o desafio ao presidente de, até ao final da época, fazer um desconto e que estes adeptos possam vir com meio bilhete. Vou falar com ele para lançar essa campanha", prometeu.

O treinador falou ainda da possibilidade de chegar ao terceiro lugar, neste momento ocupado pelo Benfica, com mais dois pontos do que o Sp. Braga. "Tenho sido politicamente correto, mas eu quero é que valorizem o que estamos a fazer, a qualidade, a variabilidade e a dinâmica do seu jogo, o resto não me interessa, não prevejo o futuro. Sei que, se jogarmos bem, estamos mais próximos de ganhar. Esta equipa tem quatro ou cinco meses, tem grandes jogadores, mas jovens, como o seu treinador. Estamos a construir uma equipa para algo mais e ela vai crescendo jogo a jogo."

Segue-se agora a última jornada da fase de grupos da Liga Europa frente ao Basaksehir, onde o técnico só vai poder contar com um defesa central, Bruno Viana, já que Raúl Silva está lesionado e Ricardo Ferreira castigado. "Vamos jogar com 11. Temos o Lucas, da equipa B, e duas soluções internas, vamos avaliar a condição física dos jogadores", salientou.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.