Abel Ferreira quer "um jogo épico" para afastar o FC Porto

Técnico do Sp. Braga lembra duelo com o Marselha para lançar 2.ª mão das 'meias' da Taça de Portugal

• Foto: Peter Spark / Movephoto 

Depois da derrota por 3-0 na primeira mão das 'meias' da Taça de Portugal, e também do desaire por 3-2 do último sábado, para a Liga NOS, o Sp. Braga volta a encontrar o FC Porto esta terça-feira, numa partida na qual os minhotos vão partir em busca de um "jogo épico" para conseguir dar a volta à eliminatória da prova rainha. A garantia foi deixada pelo técnico Abel Ferreira, que no lançamento do encontro com os dragões deixou ainda a promessa de que os seus pupilos irão lutar até ao final pelo resultado.

"É um desafio que temos, com um adversário experiente, um treinador que conhece bem esta casa. Vamos continuar a ser fiéis à nossa identidade. O futebol ensinou-me muita coisa: a respeitar o adversário, a saber ganhar e a seguir em frente. É isso que fazemos aqui. Queremos competir e ficar em primeiro para nós próprios, ser fiéis a nós próprios. Queremos jogar bem e jogar para vencer. É isso que vamos fazer amanhã", começou por dizer o técnico dos minhotos.

"Primeiro é preciso sentir orgulho no que fizemos até aqui nesta competição. Chegámos à meia-final com o FC Porto, numa eliminatória em que a probabilidade está do lado do adversário, mas no futebol já vimos de tudo e a única coisa que podemos prometer é que vamos lutar até ao fim. É a imagem de marca desta equipa. Com qualidade, inteligência, estratégia e é isso que vamos procurar. Depois virá o campeonato. Já disse, sei que a cada semana se quer fazer a análise, mas as contas só se fazem em maio. A cada domingo há um título. Em maio faremos as contas. Lutaremos por esta eliminatória, até à última gota de suor, porque acreditamos muito naquilo que fazemos e sabemos o caminho que temos de percorrer. São estes jogos que nos fazem crescer, que nos colocam à prova. Nós gostamos é destes jogos, jogar com os melhores", garantiu.

Questionado sobre se a exibição de sábado veio reforçar a confiança minhota, pese embora o resultado negativo, Abel elogiou a atuação dos seus pupilos e aproveitou para recordar aquilo que foi feito em 2017/18 numa eliminatória da Liga Europa. "Fizemos um jogo altamente competente, onde ficou bem vincada a nossa qualidade, forma como armadilhámos o nosso adversário. Só nos fizeram golos de bola parada e, por isso, é o que vamos procurar fazer. Vamos olhar o adversário para lhe vencer. Mas sabemos que a percentagem está clara do lado do adversário, mas não é a primeira vez. No ano passado tivemos algo semelhante com o Marselha, onde fizemos algo extraordinário  [derrota por 3-0 em França e vitória por 1-0 no Minho]. O que esperamos para amanhã é um jogo épico. Preparamos dentro destes dois dias e podem contar com uma equipa competitive, competitiva e fiel aos seus princípios. A nossa intenção é sempre jogar para vencer"

Diferenças nos dois jogos

"Duas equipas com identidades muito fortes. O Sérgio queixou-se que teve pouco tempo para preparar, porque teve os internacionais, mas o FC Porto tem muitos recursos e apresentará sempre uma equipa forte. O Braga também. Acredito no que fazemos, em termos do que são as características e identidade das equipas irá manter-se. Acredito que será igual. As grandes ideias estarão lá seguramente. Cada jogo tem a sua história e amanhã será outro, onde temos a intenção para vencer e lutar pela eliminatória. E reforço o orgulho que temos ao chegar a esta meia-final, na qual lutaremos até ao último segundo"

Estado anímico e mensagem para os jogadores

"Logicamente gostamos de trabalhar sobre vitória, mas nãoé a primeira vez que passamos por isso. Altamente equilibrada e competitiva e temos a confiança no que fazemos. Quando sei o que temos a fazer. O que procuramos é ficar em primeiro para nós mesmos, ser igual a mim mesmo, e se der o melhor, é o que me exigem. Iremos dar o melhor de nós e quando damos isso estamos mais fortes para cmpetir com os adversários. Neste jogo ficou evidente tudo isso, mas infelizmente caiu para o nosso adversário."

"Foi um jogo altamente rico todos os níveis: técnico, tático, físico e mental, que mexe muito emocionalmente. Há sempre o lado estratégico. Foi numa prova diferente, agora é na Taça. Até ao último segundo lutaremos pela eliminatória."

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.