António Peixoto prepara possível candidatura ao Sp. Braga: «É importante haver mais do que uma lista»

Em ano do centenário do clube, António Salvador já assumiu que irá recandidatar-se à presidência

• Foto: Movenotícias

O Sp. Braga vive o ano do centenário que é também ano de eleições para os órgãos sociais do clube. António Salvador já assumiu, em meados de janeiro, que irá recandidatar-se a um novo mandato. Mas é bem provável que venha a ter oposição, nomeadamente de António Pedro Peixoto, de 44 anos.

"Estou em vias de tomar uma decisão que terá de ser na próxima semana. Estou a terminar processos que são importantes para poder avançar com a candidatura. Mas ainda não tenho uma resposta afirmativa. Estou a ponderar e a organizar tudo", afirmou a Record o antigo jogador de andebol e futsal dos arsenalistas.

Sem confirmar ou desmentir, disse que o eventual apoio de João Gomes "é uma hipótese que pode estar em cima da mesa". Recorde-se que João Gomes saiu do Sp. Braga em litígio, num processo que desaguou nos tribunais, em 2018.

António Pedro Peixoto, também conhecido por 'Pli', não quer, para já, comentar a gestão de António Salvador nos últimos anos, mas deixou clara a importância de haver oposição. "Claro, acho muito importante que haja mais do que uma lista. Há clubes com eleições e sem mais do que uma lista. É sempre importante discutir em prol do crescimento do Sp. Braga", acrescentou.

António Pedro Peixoto já se tinha candidatado à presidência do Sp. Braga em 2017, no entanto perdeu a eleição para Salvador, tendo o atual presidente recebido 66,3% dos votos e Peixoto 32,5%. Na altura, o candidato derrotado disse que teria de candidatar-se novamente por não rever-se na gestão de António Salvador.

Por André Gonçalves
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.