António Salvador: «Benfica não pode exigir que os outros façam o que não faz na sua casa»

Diz que os encarnados não aceitaram permuta de bilhetes a 10 euros

• Foto: José Reis/Movephoto

António Salvador, presidente do Sp. Braga, comentou esta sexta-feira a polémica em torno dos bilhetes cedidos ao Benfica para o jogo entre os dois clubes, no passado fim de semana. O dirigente dos guerreiros sublinhou que as águias recusaram uma permuta de ingressos a 10 euros e explicou que os preços praticados são os mesmos que as águias fazem na Luz.

"Como reajo? Com muita naturalidade. Primeiro o Benfica não pode exigir que os outros façam o que eles não fazem na casa deles. Os preços que o Sp. Braga praticou são os que o Benfica pratica na sua casa. O Sp. Braga propôs uma permuta de 1.500 bilhetes, cinco por cento da lotação, a 10 euros e o Benfica logo rejeitou essa permuta. Se o Benfica cobrou o preço que cobrou, foi porque assim que quiseram. Porque não foi esse o preço que o Sp. Braga propôs. Mas esse é um preço que o Benfica pratica na sua casa. O Benfica e os seus dirigentes não podem lançar coisas para o ar sobre os preços porque eles próprios praticam esses preços", frisou aos jornalistas, à margem de um evento de um dos parceiros do clube.

Questionado sobre o facto de haver adeptos a queixarem-se de que tinham bilhete para a central mas acabaram por ser deslocados, Salvador respondeu: "Não vou comentar, porque no regulamento há cinco por cento de bilhética que o clube tem de ceder aos visitantes. E há depois um artigo em que há 100 bilhetes no limite que podem ainda adquirir e têm um determinando preço, que foi o que o Sp. Braga cobrou. São os preços que são cobrados ao Sp. Braga por Benfica, Sporting e FC Porto. É uma vitimização onde ela não existe."

Noutro âmbito, o presidente do Sp. Braga referiu não valer a pena voltar à questão dos direitos televisivos, pelo menos por agora: "Nesta fase vai ser muito difícil alterar o que está feito. Isso deveria ter sido uma preocupação de Liga e Governo antes dos contratos que se fizeram recentemente. Acho muito difícil neste momento falar nisso. Neste momento é um assunto que não faz sentido nenhum. É relevante mas não tem pernas para andar neste momento. Há que aguentar, esperar. É mau para Portugal. As equipas portuguesas têm feito autênticos milagres nas competições europeias. Ainda agora o Sp. Braga. Viram as duas equipas que tivemos de defrontar."

Por Luís Miroto Simões
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.