António Salvador: «Jogadores são responsáveis e a confiança é elevada»

Presidente convicto que os arsenalistas vão selar o apuramento na Bélgica

• Foto: José Moreira

O presidente António Salvador assumiu o peso estratégico que a partida frente ao Gent encerra para as contas do apuramento, mas mostrou-se confiante numa resposta capaz de consumar o primeiro objetivo da temporada.

"É um jogo importantíssimo para as nossas aspirações, porque uma vitória garante-nos o apuramento para os 16 avos-de-final da Liga Europa", atirou o dirigente, ciente da réplica belga: "Não é fácil jogar na Bélgica, mas a confiança é elevada e os jogadores, que são responsáveis, vão dar tudo."

Horizonte favorável que António Salvador espera alcançar, mesmo tendo em conta as limitações de recursos à disposição de José Peseiro. "Independentemente dos azares, temos um plantel vasto e que está preparado para este desafio", atirou.

Na véspera da viagem para Gent, uma das claques arsenalistas colocou uma tarja num dos acessos ao Municipal de Braga a exigir uma resposta cabal em Gent ou a saída de Peseiro do comando técnico. Pressão exterior que Salvador desvalorizou. "Para mim isso não é assunto, porque a pressão é diária e estamos habituados a ela, além de que já aprendi há muito que a única coisa que interessa são os resultados", concluiu o dirigente, que mais tarde voltaria a ‘abordar’ o assunto – ver peça ao lado.

Presidente protege treinador

António Salvador não conseguiu esconder o seu desagrado quando o técnico José Peseiro foi questionado sobre a tal tarja colocada pela claque – "Se não correrem lá, Peseiro não voltes para cá" – e chegou mesmo a levantar-se em plena conferência de imprensa na Ghelamco Arena para evitar que a tradutora esclarecesse os belgas sobre o assunto.

"Isso não interessa nada, não faz parte do jogo. Bola para a frente", referiu o presidente, de pé na primeira linha da plateia, sentado no meio dos jornalistas belgas e virado para os enviados da comunicação social portuguesa. Um curto momento de tensão, contudo, a que José Peseiro não se furtou a responder serenamente. "A tarja foi uma opinião e todos são livres de expressar a sua opinião. Nós temos de a aceitar e conviver com ela", esclareceu o treinador.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sp. Braga

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0